Br Artesanato
Cadastre-se
Entrar
 
HOME
 
 

Lojas


Quem somos

Ações do Bem

Notícias

Canal BRartesanato

Política de Uso

No BRartesanato artesão não paga

Notícias

 





Arte dos Reis promove oficina de Design
A identidade regional é o diferencial dos produtos artesanais e uma das vocações do segmento, é ser um ícone representante do local onde é produzido. Neste sentido, a cooperativa Arte dos Reis promove a Oficina de Design ministrada pela artista e designer carioca Paula Mendonça para 50 artesãos participantes do Programa de Valorização do Artesanato da cidade. O objetivo do trabalho qualitativo é apresentar ao artesão a importância de entender e utilizar a cultura e a riqueza local para aplicação em seus produtos, além de agregar mais valor as peças já que podem expressar a vasta identidade cultural local.
O trabalho de pesquisa passa também pelos artesãos realizarem visita cultural guiada, pela historiadora Ana Maris de Figueiredo Ribeiro, ao corredor turístico do centro histórico de Angra. A principal proposta é mostrar que a cidade é riquíssima em história, patrimônio, símbolos, personagens, lendas e costumes d...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 19hs06




Tradição piauiense, artesanato de Pedro II corre o risco de acabar
Entre redes, tapetes e colchas, são produzidas mais de 700 peças por mês.
Novas gerações não tem interesse em aprender a arte das tecelãs.
Do G1 PI
Situada na serra dos matões, a cidade de Pedro II é conhecida pelas suas belas paisagens, pelo clima agradável e pela extração da Opala. Mas a cidade que fica a 195 km ao Norte de Teresina, já tinha outra fama, a da produção de redes no Piauí. Entre redes, tapetes, mantas e colchas, são produzidas mais de 700 peças por mês.
Alguns trabalhos feitos na cidade já ganharam prêmios e reconhecimento nacional e internacional. Só que a atividade que primeiro projetou o nome da cidade de Pedro II, antes mesmo do ecoturismo e do minério de Opala corre um sério risco de desaparecer, tudo por conta da falta de interesse das novas gerações em aprender o ofício.
Antônio Sousa é tecelã há mais de 60 anos, mas já sabe que na família a tra...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 19hs05




Miniaturas humanas feitas de massa fazem fama de artesão em Arceburgo
A partir de fotos, amigos e celebridades ganham moldes feitos em biscuit.
Banda Detonautas foi um dos primeiros a ter miniaturas dos integrantes.
Do G1 Sul de Minas
Miniaturas em massa de celebridades e pessoas comuns vêm fazendo a fama de um artesão de Arceburgo (MG). Há dois anos, Leandro Taliares Mariano, acostumado a desenhar em grafite caricaturas e retratos, começou a se aventurar no mundo dos bonecos de biscuit.
As miniaturas são vendidas ao preço médio de R$ 150. Leandro leva em torno de uma semana para confeccionar cada boneco. Como modelo, ele usa uma foto da pessoa.
Em casa, o artesão guarda reproduções do piloto de corrida Ayrton Senna, do personagem de filmes de terror Chuck e até do próprio avô. Agora, está empenhado em criar uma miniatura de Cássio, goleiro do Corinthians, a quem pretende presentear.
A partir de uma foto, artesão de Arceburgo (MG) faz miniaturas de...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 19hs04




Mulheres encontram geração de renda através da arte e da cultura
Em todo o Brasil, o mercado de artesanato tem crescido significativamente, valorizando a identidade cultural das comunidades, promovendo melhoria de vida e contribuindo para o desenvolvimento local. O número de artesãos no país constitui um contingente expressivo de trabalhadores do mercado informal. Todo esse crescimento no setor fez com que a cidade de Barra Mansa também visse no artesanato uma fonte geradora de empregos.
No município, 28 artesãs participam mensalmente da tradicional Feira de Artesanato, que tem apoio da Fundação de Cultura da cidade. A atividade é realizada na Praça da Matriz, no Jardim das Preguiças e na Gare da Estação. A feira dispõe de uma grande variedade de artesanato. Pinturas, bonecos, panos de prato, biscuits, patchwork, trabalhos com fibra de bananeira e até culinária estão entre os produtos comercializados. O objetivo, segundo a organização, é dar visibilidade a ...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 19hs02




O artesanato indígena e a economia criativa é tema de exposição no IAP
Peças confeccionadas por índios das etnias Assurini do Xingu, Arawaté e Parakanã vão compor a mostra "Barro, Madeira e Palha - O artesanato indígena e a Economia Criativa"
Da Redação
Agência Pará de Notícias
A partir do próximo dia 17, a Incubadora Pará Criativo, que funciona no prédio do Instituto de Artes do Pará (IAP), recebe a exposição "Barro, Madeira e Palha - O artesanato indígena e a Economia Criativa". Realizada em parceria com a Fundação Ipiranga, a mostra vai expor a produção artesanal das etnias Assurini do Xingu, Arawaté e Parakanã. As peças fazem parte do acervo da Fundação Ipiranga que, por meio da Associação Assurini Awaeté, mantém a loja Koisas de Índio, no Mercado de Carne Francisco Bolonha, no complexo do Ver-o-Peso. O projeto da Fundação contribui para a valorização da cultura indígena, potencializa as possibilidades de uso da produção artesa...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 18hs59




Alcinópolis recebe oficina de Cerâmica de Bichos do Pantanal
Alcinópolis recebe a partir da próxima segunda-feira (15), às 14 horas, no Centro de Convivência dos idosos, a Oficina de Cerâmica Bichos do Pantanal, voltada para artesãos do núcleo produtivo do município.
Ministrado pelo artesão Rodrigo Avalhães, o curso segue até o dia 25 de setembro. As aulas acontecem das 8 às 18 horas e contarão com 30 alunos. O objetivo é capacitar os artesãos na criação de peças que remetam a fauna pantaneira.
Rodrigo Avalhães é reconhecido pelos esculturas em cerâmica que se tornaram símbolo do Estado, como as "Onças". As peças são vendidas na Casa do Artesão de Campo Grande em outros estados.
O artesão já participou do Projeto "Sapicuá Pantaneiro" - projeto que nasceu em 2003 com o objetivo de resgatar, desenvolver e incentivar o artesanato da região de Pantanal de Mato Grosso do Sul, preservando a natureza, a cultura e suas tradições.
O projeto Artes...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 10hs54




CRAS oferece oficina de artesanato para a terceira idade
As aulas acontecem toda sexta-feira e é voltada para integrantes do Lar dos Velhinhos e CIEVI
JALES - Proporcionar um sorriso no rosto de quem já viveu inúmeras experiências na vida. É com esse intuito que a prefeitura de Jales, através do CRAS - Centro de Referencia de Assistência Social de Jales, vem realizando oficinas de artesanato para os grupos da terceira idade do Lar dos Velhinhos e CIEVI - Centro Integrado Esportivo de Valorização ao Idoso.
Ministradas pela professora Juliana Scapin e acompanhadas pela terapeuta ocupacional do CRAS, Jeisa Carla Limeira de Souza, as aulas das oficinas acontecem todas as sextas-feiras. Nelas são desenvolvidos diversos trabalhos de artesanato e manuais, como porta guardanapo, artes com palito de sorvete, prendedor de alimentos e recados, caixas de madeira, entre outros.
A ação é oferecida pelo CRAS através do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 10hs53




Artesã da PB é selecionada para ministrar oficina em SP
O trabalho desenvolvido por um grupo de 50 artesãs do Ateliê Renascença de São Sebastião de Umbuzeiro será apresentado durante um evento promovido pelo projeto social Artesanato Solidário (ArteSol), na sede do Sesc São Paulo, nos próximos dias 16 e 17. Entre elas, está a paraibana Dorinha Ramos da Silva, que trabalha há mais de 40 anos com a renda renascença e foi convidada a ministrar palestra sobre seu ofício para outras artesãs.
Dorinha foi selecionada por uma comissão composta por profissionais do projeto ArteSol que priorizam o saber-fazer artesanal enquanto fruto de passagem de saber entre as gerações. A partir disso, eles elaboram projetos e ações voltadas à valorização da atividade artesanal de referência da cultura brasileira.
"Fiquei muito honrada com o convite por ter a oportunidade de divulgar o trabalho bem feito que realizamos na Paraíba, além de poder disseminar nossa cultura, que...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 10hs52




Casa do Artesão abre inscrições para 10 cursos em Porto Alegre
Novidades são cursos de fiação em lã crua e o de reciclagem de jeans.
Capacitações iniciam a partir da próxima segunda-feira (15).
Do G1 RS
A Casa do Artesão de Porto Alegre está com inscrições abertas para 10 cursos de qualificação. Dois deles são novidades: o de fiação em lã crua e o de reciclagem e realização de jeans, que pretende transformar calças antigas em bolsas. As capacitações iniciam a partir da próxima segunda-feira (15).
De acordo com a coordenadora do Programa Gaúcho do Artesanato (PGA), Marlene Garcia, a inclusão de dois novos cursos busca seguir as tendências do mercado e atender a uma solicitação dos artesãos. Ela destaca que o curso de Reciclagem de Jeans, por exemplo, pretende dar uma nova utilidade para as calças velhas ou que não servem mais.
Conforme a Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS), em 2014, 566 pessoas já participaram de 22...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 10hs49




UFSM terá feira de trocas e de artesanato a partir de domingo
No próximo domingo (14), a partir das 14h, ocorre no campus da UFSM a Feira de Trocas & Artesanato, um espaço onde os frequentadores poderão comprar ou trocar produtos e serviços das mais variadas formas.
A feira de trocas solidária, que faz parte do projeto Viva o Campus, consiste na transação de produtos e serviços através do sistema de trocas, onde o expositor poderá trocar seu material por outros do seu interesse, realizando uma comercialização solidária, sem a necessidade do uso de dinheiro.
Poderão ser trocados produtos como livros, assessórios, objetos pessoais, brinquedos, colecionáveis, entre outros. Também poderão participar da feira pessoas que o ofereçam cursos de idiomas, aulas particulares, caronas, trabalhos de digitação etc.
No domingo, acontecerá o lançamento do Artesanato do Campus, um espaço onde professores, técnicos administrativos e projetos vinculados à UFSM p...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 10hs47




Festa do Sairé é sinônimo de lucro para artesãos de Alter do Chão
Durante a festa cerca de 100 mil visitantes passam pela vila.
Venda de produtos garante melhor qualidade de vida para artesãos.
Do G1 Santarém
A venda de artigos regionais garantem o faturamento para dezenas de famílias da vila balneária de Alter do Chão, que fica distante cerca de 40km de Santarém, oeste do Pará. Com a chegada da Festa do Sairé, a expectativa de vendas e lucro aumenta entre os artesãos.
Durante a festa cerca de 100 mil visitantes passam pela vila, movimentando a economia local e aumentando a venda de artesanato, doces, licores e outros produtos regionais.
As vendas na barraca do artesão Manoel Maria aumentam durante o Sairé
O artesão Manoel Maria trabalha com produtos artesanais há 40 anos e em sua barraca oferece vários produtos confeccionados por sua família. Para ele, o período da Festa do Sairé é sinônimo de aumento nas vendas. "A festa desse ano promete ...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 10hs46




Moda inspirada no Círio de Nazaré gera renda para artesãos e designers
Estampas coloridas são atrativo para paraenses e turistas.
Sebrae orienta artesãos a aliarem desejo e originalidade.
Do G1 PA
O designer Márcio Caldas exibe uma das peças inspiradas no Círio de Nazaré
O designer Márcio Caldas cresceu em uma família de devotos de Nossa Senhora de Nazaré. O respeito pela imagem, aprendido desde pequeno, virou inspiração para ele em 2014: Caldas criou três modelos de camisas com estampas baseadas no Círio de Nazaré, que estão sendo vendidas através das redes sociais e com a ajuda de amigos.
"A minha namorada vem me ajudando sendo a garota propaganda das camisetas, e tem sido de grande ajuda. Com isso conseguimos criar a fan page no Facebook e dar início a uma mini campanha nas redes sociais. Meu pai trabalhou com confecções a vida inteira, e até hoje está me ajudando bastante a entender o mercado", disse.
Segundo o designer, o Círio é um p...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 10hs45




Artesãos do Parque Halfeld de Juiz de Fora recebem novas barracas
Trabalhadores ficaram por mais de um ano vendendo sob tenda de plástico.
Artesãos registram aumento nas vendas, mas ainda temem época chuvosa.
Do G1 Zona da Mata
Barracas agora atendem em horário diferenciado
Depois de quase um ano e meio trabalhando sob uma tenda provisória, os artesãos do Parque Halfeld, no Centro de Juiz de Fora, receberam novas barracas para a comercialização de produtos na Feira de Artesanato do local. A mudança, segundo os trabalhadores, já consegue atrair mais compradores e o aumento das vendas. No entanto, alguns ainda questionam a proteção em caso de chuva.De acordo com a Prefeitura, as barracas são semelhantes à outras utilizadas na cidade por feirantes.
A permissão de venda no local foi dada a 33 trabalhadores. As barraquinhas agora funcionam em horário diferenciado para atender a demanda, de segunda a quarta-feira, das 9h às 16h.
A expectativa da Associa...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 10hs43




Projeto incentiva artesanato com materiais recicláveis
Retalhos de confecções estão virando itens de grande utilidade no cotidiano
Com criatividade, retalhos são transformados tapetes, bolsas e até capas para tablet
O que para muitos não passa de lixo, para a Associação de Artesãos Cantinho da Arte, pode ser uma valiosa matéria-prima.
Uma iniciativa desenvolvida pela entidade, com suporte técnico da Emater, está incentivando a utilização de materiais recicláveis para a produção de arte e luxo.
Com cerca de 14 anos de atuação, a associação adotou nesse ano o projeto Recriar, que consiste na confecção de peças como tapetes, sacolas, bolsas retornáveis, almofadas, capas para tablet, entre outras utilidades, com retalhos fornecidos por indústrias têxteis. O artesanato com materiais recicláveis está exposto no Cantinho da Arte, junto com outros trabalhos variados de artesanato. Sua comercialização ajuda a custear as despesas da entidade.
De ...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 10hs29




Mestre do artesanato no CE cria peças de argila há três gerações
Arte da argila já dura três gerações no Sítio Doró.
Sesu trabalhos já foram vendidos para Estados Unidos e países da Europa.
Do G1 CE
com informações da TV Verdes Mares
Lourdes Cândido mantém há mais de 50 anos a cultura do artesanato cearense viva. Ela mora com 11 filhos, 25 netos e 5 bisnetos, no Sítio Doró, que fica a 3 Km de Juazeiro do Norte, município a 560 Km de Fortaleza. Reconhecida mundialmente, ela é considerada uma das mestres do artesanato de barro.
Suas peças já foram vendidas para turistas da França, Alemanha, Holanda e Estados Unidos. Os temas dos seus trabalhos são quadrilhas, lapinhas e reisados. Retratos feitos de argila inspirados no seu dia a dia.
A família numerosa se especializou na arte e hoje consegue realizar os trabalhos e o utilizá-los com ofício de vida.


Postado por: BR artesanato às 10hs20




Londrix 2014: oficina mostra técnica de construção artesanal de livros
A artista plástica Adriana Siqueira conduzirá as atividades da oficina "Construindo Livros"
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
A artista plástica londrinense Adriana Siqueira irá ministrar no próximo sábado (6), das 8h30 às 12h30, na Vila Cultural Cemitério de Automóveis (rua João Pessoa, 103 A), a oficina "Construindo Livros". A atividade integra a programação do Festival Literário de Londrina (Londrix), que tem início nesta sexta-feira (5) e vai até o dia 14. Interessados devem ligar no 3344-5998. A oficina é aberta para os interessados em livros e técnicas artesanais. Há 15 vagas e o valor da inscrição é de R$ 20.
De acordo com Adriana, o objetivo da aula é mostrar como se constrói um livro através de uma das técnicas de encadernação mais utilizadas, a do ponto corrido, ou costura comercial, mais conhecida como "agendinha". "Ensinaremos a prática de construção ...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 19hs05




Estado autoriza 400 artesãos a trabalharem com capim dourado no Jalapão
No Jalapão, o Governo do Estado está autorizando 400 artesãos a trabalharem com capim dourado. A exploração desse bem tem constituído uma importante fonte de renda para a população de sete municípios localizados na região e é feita conforme portaria nº 362 do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), que considera que a coleta das hastes do capim só pode ser realizada por artesãos credenciados em associações comunitárias e extrativistas.
O supervisor de Unidade de Conservação e Desenvolvimento Socioambiental, Rodrigo Custódio, conta que oito associações solicitaram as carteiras de licença para coleta expedida pelo Naturatins. "São cerca de 400 carteiras que estão sendo emitidas para a região do Jalapão para coleta do capim dourado", disse. Custódio explica que a coleta do capim dourado só está autorizada no período de 20 de setembro a 30 de novembro e o artesão deve estar...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 19hs04




Sábado feliz gera renda aos artesãos de Tramandaí
Projeto foi elogiado por presidente do clube de mães e por representante da Penitenciária Modulada de Osório
O Sábado Feliz, evento realizado pela Administração Municipal de Tramandaí, através da Secretaria de Turismo e Desporto, além de movimentar a cidade está gerando renda para as famílias de artesãos do município e oportunizando aos apenados da Penitenciária Modulada de Osório não só a exposição e venda de seus trabalhos, como também, a inclusão social. O próximo evento ocorrerá no sábado (30) e já causa expectativa entre os participantes.
De acordo com a presidente do Clube de Mães de Tramandaí, Cleusa Maria de Oliveira o Sábado Feliz é muito importante, pois dá aos artesãos a oportunidade de expor o trabalho e auxilia no complemento do orçamento doméstico. "Este é um evento muito importante em função da geração de renda, em Tramandaí, temos famílias em vulnerabilidade social que ...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 18hs59




Ovelha colorida geneticamente tem lã usada para artesanato na Expointer
Criadores já contam com associação e obtiveram registro oficial pelo Mapa.
Ovinos podem ser de várias raças; cores são obtidas por seleção genética.
Felipe Truda
Do G1 RS
Ovelha da raça corriedale exposta por Claudio Soares da Fontoura
O poncho bordado em branco e bege é exibido com orgulho pelo expositor Adriano da Silva Souza, de 21 anos, na Expointer, feira de agropecuária realizada em Esteio, Região Metropolitana de Porto Alegre. "Não tem tinta", garante. A lã usada é de ovinos naturalmente coloridos. Os criadores desses animais já contam com uma associação organizada, e obtiveram neste ano o registro oficial pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e pela Associação Brasileira de Criadores de Ovinos.
Adriano exibe poncho confeccionado com lã de ovelha colorida
"Os animais participam da Expointer desde 2008, mas oficialmente, como animais j...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 19hs51




População ajuda a construir o Plano Setorial de Artesanato
O Conselho Municipal de Políticas Culturais (CMPC) convida a população para participar da audiência pública que ajudará a construir o Plano Setorial de Artesanato. Segundo destaca Vânia Oliveira, que é conselheira do CMPC e é uma das representantes de Alagoas no colegiado nacional do setor, o plano é de extrema importância, visto que orientará as políticas públicas desenvolvidas para os artesãos durante os próximos 10 anos. A audiência está sendo realizada pela internet, por meio do link Consulta do Plano Setorial do Artesanato, e segue aberta às sugestões até o próximo dia 09 de setembro.
As estratégias e ações propostas no Plano foram criadas pelo Colegiado Setorial do Artesanato, onde Alagoas tem representatividade pela primeira vez. Segundo Vânia, podem colaborar todos os interessados no desenvolvimento do setor, cuja participação se dará através das sugestões ao que foi proposto. "Rea...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 19hs47




Artesanato e cultura quilombola compõem roteiro na Paraíba
Nordeste
Projeto tem como objetivo valorizar a cultura de agricultores familiares, gerar emprego e agregar valor à produção
por Portal Brasil
Divulgação/Brasil 2016
Turista pode apreciar roteiros enriquecidos por produtos da agricultura familiar
Uma viagem pelo litoral da Paraíba reserva surpresas que vão além das belas praias de águas mornas e cristalinas, emolduradas por rochas e paredões montanhosos. Somente nos poucos mais de 70 Km que ligam a capital João Pessoa aos municípios de Conde e Pitimbu, o turista pode ter contato com as culturas indígena e quilombola em roteiros enriquecidos por produtos da agricultura familiar, pelo patrimônio histórico e pelas belezas cênicas de paisagens preservadas.
Estes são alguns dos atrativos do roteiro turístico Mares Quilombolas, contemplado pelo projeto Talentos do Brasil. A iniciativa beneficia 400 empreendimentos de 54 municípios brasileiros,...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 19hs46




Aberta consulta pública sobre Plano Setorial do Artesanato
Cultura
Para participar, é preciso estar cadastrado no Cultura Digital, plataforma de consulta do Ministério da Cultura
por Portal Brasil
O Plano Setorial do Artesanato, de autoria do Colegiado Setorial do Artesanato, formado por artesãos e representantes de órgãos do governo, entra em sua fase de consulta pública. Todos podem contribuir comentando os eixos que orientarão as políticas públicas para o artesanato pelos próximos 10 anos.
Cada um deles é composto por estratégias e ações, que também aceitam comentários e propostas.
Para participar, é preciso estar cadastrado no Cultura Digital, plataforma de consulta do Ministério da Cultura. É importante ressaltar que, devido às restrições eleitorais, os comentários serão moderados antes de entrar no site da consulta.
Estão previstas reuniões e debates em vários estados do País para promover a participação e mobilizar os artesãos...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 19hs44





Durante a oficina as participantes aprendem a reaproveitar a matéria-prima encontrada no lixo transformando em peças sofisticadas
O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Tocantins (SENAR), coordenado pelo Presidente do Sistema FAET/SENAR, Edmar Corrêa Oliveira, está realizando oficina de artesanato para 26 produtoras rurais do município de Figueirópolis, a oficina acontece no Parque de Exposição Agropecuária da cidade, com duração de apenas 8 horas.
Durante a oficina as participantes aprendem a reaproveitar a matéria-prima encontrada no lixo transformando em peças sofisticadas. A instrutora Maria da Penha de Faria, destaca que o treinamento, além de gerar uma renda extra ajuda também a levantar a autoestima das participantes. "Na maioria das vezes elas chegam aqui desanimadas e voltam para suas casas confiantes, cheias de planos, acreditando que são capazes, complementou a instrutora.
Maria Amélia Santana participou do curso, e faz questão de falar d...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 20hs41





Evento acontece das 9h às 16h, na Vila Mury, em Volta Redonda.
Peças expostas incluem trabalhos de corte e costura, culinária e bijuterias.
Do G1 Sul do Rio e Costa Verde
Moradores de Volta Redonda, no sul do Rio de Janeiro, podem visitar a Feira da Integração Social. O evento será realizado no sábado (30), das 9h às 16h, na Praça Namem, que fica no bairro Vila Mury. As informações são da assessoria de comunicação da prefeitura.
No local estarão expostos trabalhos elaborados a partir de materiais recicláveis, além de barracas de artesanato e praça de alimentação. Ainda de acordo com o comunicado, o objetivo é promover as obras dos artesãos assistidos pelo Centro de Inclusão Produtiva (CIP), da Secretaria Municipal de Ação Comunitária.


Postado por: BR artesanato às 20hs36




A Feira do Artesanato Paraense (Fesarte), que ocorre no Hangar, é uma oportunidade de qualificação para os artesãos participantes do evento
Da Redação
Agência Pará de Notícias
A III Feira do Artesanato Paraense (Fesarte), que ocorre no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, promove todos os dias uma série de palestras, oficinas e workshops com o objetivo de qualificar e capacitar o artesão paraense. "As palestras nos ensinam coisas em que nunca pensamos para o progresso dos negócios, como lista de frequência de visitas no estande, pesquisas de opinião, cartão, folder. Tudo para divulgar melhor o nosso trabalho", diz a artesã do estande de Bragança, Edna Maria da Costa.
Carlos Elson Silva, consultor do Serviço de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae), apresentou a palestra "Identificando oportunidades de negócios em feiras e exposições" para cerca de 100 pessoas. "É um público bem eclético, e queremos fazer com que as pessoas possam desenvolve...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 18hs09





Fonte/Autoria.: Thamirys Marques
Coordenadora de área da APAM - Associação Paulista de Amparo à Mulher - relata como o trabalho manual auxiliou usuárias da Associação a ganharam independência financeira.
Por definição, artesanato é tudo aquilo que é feito à mão, ou com auxilio mínimo de máquinas. De acordo com dados do IBGE, no Brasil, o mercado de artesanato tem movimentado cerca de R$ 50 bilhões por meio do toque especial de mais de 9 milhões de artesãos.

As técnicas aliadas à criatividade e retorno financeiro quase garantido vem atraindo cada vez mais adeptos aos trabalhos manuais. É o caso de Noelma Diniz, usuária da APAM - Associação Paulista de Amparo à Mulher. Uma das aprendizes da oficina de Corte e Costura, ela já produz e comercializa suas próprias peças. "É uma maneira de trabalhar com algo prazeroso, que possibilita ter meus horários e ainda gerar renda.", conta. "A oficina da APAM me possibilitou trabalhar minha criatividade,...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 18hs06





Fonte/Autoria.: SAULO
Inscrições podem ser feitas nos mesmos dias e horários das aulas
Os cursos de tear, material reciclado, confecção de pufs, cortinas, almofadas e bonecas já estão em curso e acontecem as sextas-feiras às 15 horas no Espasol.
Mesmo assim, as inscrições continuam abertas e podem ser feitas nos mesmos dias e horários das aulas.
Além das aulas práticas, os alunos também recebem kits de agasalho e material escolar para serem repassados aos familiares.
O projeto acontece em parceria do Instituto Blablablá Posithivo com a Secretaria Municipal de Cidadania e Desenvolvimento Social e em breve oferecerá aulas de inglês e informática.
Seu objetivo principal é auxiliar os artesãos no sentido de aumentarem sua renda familiar.
Para obter mais informações, entre em contato pelos telefones (12) 99150-3448 ou 3834-3500.
http://www.segs.com.br/


Postado por: BR artesanato às 18hs05





Durante a oficina as participantes aprendem a reaproveitar a matéria-prima encontrada no lixo transformando em peças sofisticadas
O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Tocantins (SENAR), coordenado pelo Presidente do Sistema FAET/SENAR, Edmar Corrêa Oliveira, está realizando oficina de artesanato para 26 produtoras rurais do município de Figueirópolis, a oficina acontece no Parque de Exposição Agropecuária da cidade, com duração de apenas 8 horas.
Durante a oficina as participantes aprendem a reaproveitar a matéria-prima encontrada no lixo transformando em peças sofisticadas. A instrutora Maria da Penha de Faria, destaca que o treinamento, além de gerar uma renda extra ajuda também a levantar a autoestima das participantes. "Na maioria das vezes elas chegam aqui desanimadas e voltam para suas casas confiantes, cheias de planos, acreditando que são capazes, complementou a instrutora.
Maria Amélia Santana participou do curso, e faz questão de falar d...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 18hs04





A confecção de trabalhos artesanais, além de representar uma fonte de renda, pode consistir em uma forma de terapia. Desta maneira, a Casa do Artesão da Secretaria de Cultura de Montes Claros proporciona uma oportunidade única, oferecendo vagas aos interessados em usufruir dos benefícios do artesanato através dos cursos de patchwork (bordado com retalhos), confecção de viola e rabeca, reciclagem com PET e tapeçaria.
A duração média de cada curso é de cerca de seis meses, sendo que são ministradas uma ou duas aulas, dependendo do curso, de três horas por semana. O aluno deve contribuir com um valor de R$ 20 mensais e pode participar de mais de uma oficina, desde que os horários não sejam simultâneos. As turmas são reduzidas e variam entre 5 e 10 alunos, de acordo com o curso escolhido, e o período de inscrições se encerrará assim que as vagas forem preenchidas.
As inscrições podem ser realizadas, entre 8 e 18 h, na sede da Casa do Artesão, que está ...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 09hs58





Plantas ornamentais do projeto Cultivando Flores, que assiste egressos do sistema penal, estão entre os produtos em exposição na Feira do Artesanato
Da Redação
Agência Pará de Notícias
Até o próximo domingo (31), o público que passar pela Feira do Artesanato Mundial (FAM) e Feira do Artesanato Paraense (Fesarte) poderá conferir a produção de plantas ornamentais resultante do trabalho de qualificação que a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater) oferece para egressos do sistema penal, por meio do projeto Cultivando Flores e Vidas, que faz parte do programa Articulação e Cidadania.
São plantas ornamentais de diversas variedades, tamanhos e cores, que estão sendo comercializadas com preços até 30% menores que os praticados em estabelecimentos comerciais da Região Metropolitana de Belém. Penta, lantana, torrência, samambaia, chuva de prata, palmeira cuala, palmeira fenix, rosa pendente, astem e avenca podem ser encontrad...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 09hs56




Interessados em participar da Feira de Artesanato da Fenaostra devem apresentar propostas até sexta-feira (29)
Editoria: Florianópolis Comente!
Produtores de artesanatos catarinenses interessados em participar da Feira de Artesanato da 15ª FENAOSTRA devem apresentar propostas ao Instituto Geração de Oportunidades de Florianópolis (IGEOF) até a próxima sexta-feira (29).
A Feira de Artesanato vai poder contar com até 32 estandes, de 4 m2 cada, que serão ocupados por artesãos autônomos ou ligados a associações, cujas propostas forem avaliadas e selecionadas pelo IGEOF em parceria com a Fundação Franklin Cascaes.
Após uma primeira seleção, caso o número de expositores exceda a quantidade de estandes oferecidos, haverá sorteio. Aos participantes da Feira de Artesanato, serão cobrados R$ 300,00 pelo uso do espaço durante os cinco dias do evento.
A FENAOSTRA de 2014 acontecerá no período de 08 a 12 de outubro, no Centrosul, em Florianópolis, mas o resu...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 09hs56




Festival é ampliado e contará com exposição de artesanato local
Umas das novidades este ano no 8º Festival Gastronômico de Taquaruçu, que acontece de 27 a 31 de agosto, é a ampliação do circuito do evento que acontecerá nas duas praças do Distrito.
Na Praça Vereador Tarcísio Machado da Fonseca ficará o palco principal da festa, onde o visitante encontrará as barracas do concurso de gastronomia, no qual foram inscritas 59 receitas, sendo 39 salgadas e 20 doces, todas voltadas para a valorização dos ingredientes culinários regionais e a criatividade na elaboração dos pratos, os quais obrigatoriamente são típicos da culinária tocantinense.
Já na Praça Joaquim Maracaípe será montada uma estrutura com 20 barracas, onde serão comercializados artesanatos e produtos alimentícios da região, o que agradou os artesãos locais. "Achamos ótima a parceria com o poder público", disse a presidente da Casa do Artesão, Juscelina Araújo, destacando que a inicia...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 09hs55





Evento pode ser visitado até domingo, 31, no Hangar, em Belém.
Estandes expõem o trabalho de artesãos de diversas nacionalidades.
Do G1 PA
A Feira do Artesanato Mundial (FAM) e Feira do Artesanato Paraense (FAP) já movimentaram cerca de R$ 480 mil desde sua abertura no último sábado (23), com a venda de 32 mil peças. O evento reúne a cultura de diversos Estados e países em torno do tema "Do tradicional ao contemporâneo: O artesanato está no dia a dia", para mostrar, em 70 estandes, a beleza, tradição e funcionalidade desse ofício.
Feira Mundial do Artesanato é realizada em Belém.
Nos quatro primeiros dias da programação, 25 mil pessoas já visitaram o Centro de Convenções da Amazônia, movimentando R$ 480 mil com a comercialização de 32 mil produtos.
Dos 38 municípios paraenses com estandes na feira, Belém foi o que mais arrecadou com as vendas, com um total de R$ 10.976,50, o equivalente a 41,45% do lucro total. A meta da organização do...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 09hs53





Fortalecimento
Evento acontece na cidade gaúcha de Esteio e contará com 200 estandes, que vão representar 9,5 mil famílias
por Portal Brasil
Serão comercializados produtos como queijos, vinhos, sucos, salames, doces, cachaças, mel e artesanato
Salames, queijos, vinhos e outros produtos da agricultura familiar serão expostos na 37ª Expointer a partir deste sábado (30), e seguem até o dia 7 de setembro na cidade gaúcha de Esteio. O espaço, que tem o apoio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), contará com 200 estandes, que vão representar 9,5 mil famílias.
A participação no evento contribui para o fortalecimento da agricultura familiar, segundo o delegado federal do MDA no Rio Grande do Sul, Marcos Regelin. "O evento é uma vitrine muito importante e tem sido uma grande oportunidade para conhecimento de novas tecnologias. Toda essa participação resulta na ampliação dos mercados, dos conhecimentos e das novas tecnologias para os agriculto...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 09hs51





Ascom/Seplande
Caminhão leva artesanato para os municípios alagoanos
Em busca do fortalecimento e da valorização dos artesãos alagoanos, o caminhão Alagoas à Mão Itinerante tem sua primeira viagem marcada para os dias 5 e 6 de setembro. Os produtos serão apresentados no município de Batalha, onde ocorrerá a tradicional festa em comemoração a Nossa Senhora da Penha. O caminhão assegura aos artesãos melhorias na venda de seus produtos, maior credibilidade e visibilidade frente à cadeia produtiva e aos demais consumidores e, ainda, a descoberta de novos talentos nas diversas regiões que receberão o veículo.
Em junho deste ano, dois caminhões foram adquiridos para dinamizar a comercialização dos produtos feitos por esses profissionais. Um deles é o caminhão-loja que, devidamente equipado e adequado para expor os produtos, funciona como uma vitrine itinerante dentro e fora do Estado. O caminhão irá percorrer os municípios na busca pela consolidação ...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 09hs50




Concurso vai premiar iniciativas que movimentam a economia criativa no Brasil
Ao todo serão 21 ganhadores em diferente áreas do mercado criativo
A partir de quinta feira, 28, já é possível se inscrever no Prêmio Brasil Criativo, criado pelo Ministério da Cultura em parceria com a 3M e o Sebrae. O concurso terá 30 curadores que avaliarão trabalhos inscritos em 21 setores da economia criativa, distribuídos em cinco campos de interesse.
Divulgação
Moda e design são algumas das áreas englobadas pela iniciativa
As categorias são Criações Culturais e Funcionais (arquitetura, design, moda, games e gastronomia); Artes de Espetáculo (dança, música, circo e teatro); Audiovisual/Livro, Literatura e Leitura (cinema e vídeo e publicações em mídias impressas); Patrimônio (patrimônio material, patrimônio imaterial, arquivos e museus); e Expressões Culturais (culturas populares, culturas indígenas, cultura afro-brasileira, artesanato, artes visuais e a...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 09hs43





Secom - Aracaju
Todos os cursos livres ofertados pela Fundat são gratuitos
As oficinas de artesanato já são uma marca registrada da Fundação Municipal de Formação para o Trabalho (Fundat), órgão vinculado à Secretária Municipal da Família e Assistência Social (Semfas). Dentre elas, está a de Artesanato em Fuxico, cuja turma foi encerrada na tarde desta segunda-feira, 25, na Associação dos Moradores do Bairro Palestina. O curso reuniu dez mulheres que, em uma semana, aprenderam a transformar retalhos de tecido em peças artesanais.
Com 70 anos de idade, a aluna Carmosa Maria de Jesus foi convidada a participar da oficina pela coordenadora da associação. Experiente em fazer ponto cruz, biscuit e também fuxico, ela conta que seu foco sempre foi produzir peças artesanais para sua casa e para presentear a família e amigos. "A gente conversava, se divertia muito, tomava chazinho e biscoitinho. Tudo de bom tinha aqui", diz Carmosa, entusiasmada com a oportuni...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 09hs42





Lojas do projeto em 10 cidades-sede durante a Copa do Mundo faturaram R$ 2,1 milhões e comercializaram mais de 141 mil itens.
Redação, Agência Sebrae
Resultados foram apresentados na sede do Sebrae, em Brasília
A venda de artesanato brasileiro nas lojas Brasil Original vai continuar, mesmo com o fim da Copa do Mundo FIFA 2014. O sucesso do projeto durante o evento, motivou o Sebrae a dar continuidade à ação. A instituição está registrando a marca no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) e ela poderá ser usada pelas unidades estaduais do Sebrae em lojas conceito temporárias.
"O Brasil Original não terminou com a Copa do Mundo. Nossa ideia é continuar com ações de promoção comercial do artesanato brasileiro em todo o país usando a marca. Vamos fazer uma grande loja no Rio de Janeiro durante as Olimpíadas e as unidades estaduais do Sebrae vão poder dar continuidade à estratégia em showrooms temporários no Natal, no Dia das Mães e em ...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 09hs39




O Site BR artesanato ganha Prêmio da Economia Criativa em 2012. Concorreu com diversas entidades do Brasil conforme Edital de Fomento a Iniciativas Empreendedoras e Inovadoras. Lançado pelo Ministério da Cultura, através da Secretaria da Economia Criativa, teve como objetivo fortalecer a atividade artesanal como eixo do desenvolvimento do país.
Também, o BR artesanato concorreu ao prêmio de inovação e criatividade do Movimento HotSpot, chegando a ser semifinalista no evento que contou com participação de projetos criativos de todo o Brasil.


Postado por: BR artesanato às 21hs22




Governo do Amazonas realiza Feira de Economia Solidária no Centro de Convivência da Família
A feira contará com atrações culturais e 30 expositores que estarão comercializando produtos artesanais confeccionados com madeira, sementes, materiais recicláveis
De 25 a 29 de agosto, o Governo do Estado realizará a Feira de Economia Solidária. O evento é coordenado pela Secretaria de Estado do Trabalho (Setrab) e conta com o apoio do Fórum Municipal de Economia Solidária. As atividades acontecerão no Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou (avenida Brasil, s/nº, Santo Antônio, zona oeste), das 14h às 21h.
A secretária estadual do Trabalho, Francinete Lima explicou que a feira tem como objetivo promover a articulação, a troca de experiências, divulgação e uma melhor visualização dos produtos e empreendimentos da economia solidária no Estado do Amazonas.
A feira contará com atrações culturais e 30 expositores que estarão comercializando p...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 20hs46





Artesãos interessados em expôr podem de inscrever para feiras nos bairros (foto: Divulgação/Assessoria)
A Prefeitura de Curitiba está convocando interessados em participar das Feiras de Artesanato de Bairros. As inscrições poderão ser feitas nos dias 1º e 2 de setembro, das 9h às 12 horas e das 14h às 17 horas, na sede do Instituto Municipal de Turismo (CTur), na Rua Da Glória nº 362, no Centro Cívico.
O candidato poderá se inscrever em até duas categorias e deverá permanecer com o mesmo tipo de produto artesanal por um período mínimo um ano. Serão preenchidas 245 vagas de artesanato, distribuídas em barracas individuais entre 20 feiras montadas em diversos bairros.
De acordo com o edital, serão preenchidas outras 15 vagas para artes plásticas na Feira de Arte Luiz Xavier, que é realizada na Praça Osório. Uma comissão técnica será responsável pela avaliação e seleção dos produtos artesanais.
Serão avaliados os processos artesanais util...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 20hs45





A Rodada de Negócios faz parte da programação da Feira do Artesanato Mundial (FAM) e Feira do Artesanato Paraense (Fesarte), no Hangar
Da Redação
Agência Pará de Notícias
Representantes de doze Estados brasileiros se reúnem nesta terça-feira (26), no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, para fazer negócios com artesãos representantes de 60 municípios paraenses. A Rodada de Negócios, que vai das 10h às 14h30, é parte da programação da Feira do Artesanato Mundial (FAM) e da III Feira do Artesanato Paraense (Fesarte), promovidas até domingo (31) pela Secretaria de Estado de Trabalho, Emprego e Renda (Seter) e Charph Eventos.
Os compradores que chegam de São Paulo, Santa Catarina e Bahia serão apresentados pessoalmente aos artesãos, que farão a apresentação de seus produtos. Este ano a Rodada de Negócios traz um diferencial: indígenas das etnias Munduruku, Tembé e Wai Wai, além de quilombolas, estarão pessoalmente negociando o próprio ar...

saiba mais

Postado por: Feira Nativa às 20hs42





Com originalidade e estilo nas peças, artesãos fazem de sua arte forma de ganhar dinheiro
Lorena Betiati
O artesanato pode ser mais do que um hobby, além de expressão cultural, pode virar uma profissão e forma de ganhar dinheiro. A fabricação de peças aguça a criatividade para produzir novos objetos com os mais diferentes e inusitados materiais.
Em Maringá, os artesãos contam com o projeto Artesanato Maringá, que por meio da parceria entre a Prefeitura de Maringá e o SEBRAE/PR, propõe inovar as peças artesanais agregando valores e cultura da sociedade maringaense. Com o projeto, os artesãos têm a possibilidade de fazer um resgate cultural, agregar valores em cada peça, estimular a criatividade e de conhecer novos designs de artigos, além de incentivar a produção cooperada entre o grupo de artesãos.
O projeto Artesanato Maringá conta, atualmente, com seis associações de artesões, que representam cerca de 200 profissionais da cidade. Nos dois pri...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 20hs37




Eleições 2014Empreendedor (a) artesanal brasileiro, as eleições se aproximam e os partidos políticos e candidatos já se mobilizam em busca de seu voto. Precisamos articular para eleger deputados, senadores, governadores e Presidente comprometidos também com a arte e o artesanato.
Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE (Fonte:Cultura - 2009), são mais de 8,5 milhões de empreendedores artesanais envolvidos no ofício. De acordo com estudos do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Fonte:MDIC - 2002), a atividade artesanal é responsável por gerar lucros anuais de R$ 28 bilhões, correspondendo a 2,8% do Produto Interno Bruto - PIB brasileiro. Certamente, hoje, este resultado é ainda maior.
Somos mantenedores de saberes e fazeres da cultura brasileira. Logo, nossa mobilização é politicamente legítima, pois além de proporcionar experiência culturalmente rica aos povos, a atividade artesanal deve ser socialmente jus...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 18hs27




Araçariguama - Prefeitura e SENAR realizam curso de "Artesanato em Argila - Bijuterias"
da assessoria de imprensa da Prefeitura de Araçariguama
A Prefeitura de Araçariguama, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, em parceria com Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - SENAR realizará dos dias 25 à 27 de agosto, das 08:00 às 17:00, na Casa do Artesão, o curso de artesanato em Argila- Bijuterias. Durante o curso, os alunos aprenderam técnicas de modelagem, processo de queima dos materiais, arte e decoração final, além da comercialização dos produtos.
O curso, além de qualificar a mão de obra do artesão rural em Araçariguama, permitindo ao morador utilizar este aprendizado para geração de renda, utilizando de matéria prima disponível no município, também permite aos interessados aprenderem técnicas para confecção de lindas peças que terá grande aceitação e procura no mercado de artesanato. A iniciativa amplifica o universo de trabalho dos emp...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 16hs52




Milhares de pessoas visitam a Feira do Artesanato Mundial em Belém
Pelo menos oito mil pessoas devem passar diariamente pelo Hangar.
Evento ocorre até o próximo domingo (31), no Hangar.
Do G1 PA
Arte e cultura marcam a Feira Mundial do Artesanato.
Cerca de 8 mil pessoas devem visitar diariamente até domingo (31) a Feira do Artesanato Mundial (FAM) e do Artesanato Paraense (Fesarte) no Hangar, Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém. Em 2014, as feiras, que trazem como tema "Do tradicional ao contemporâneo: o artesanato está no nosso dia a dia", têm expectativa de vendas superior a R$ 882 mil, a partir da comercialização de mais de 44 mil peças artesanais de 1.200 artesãos.
O coordenador da FAM, Charlington Galisa, lembrou que esse ano as feiras dobraram de tamanho, principalmente pelo interesse que demonstraram outros países e outros estados brasileiros de participarem. Participam da feira artesãos de 60 municípios, 23 estados brasileiros...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 16hs49





Por G1 | Para: CBN Foz
Mais de 600 artesãos de diversos países participam da Feira do Artesanato Mundial (FAM), que começa neste sábado (23), em Belém. O tema deste ano, "Artesanato Quilombola em nossa casa", foi inspirado na cultura quilombola, com o intuito de valorizar o artesão e a arte destas comunidades. O evento ocorre paralelamente à III Feira do Artesanato Paraense (Fesarte). A programação segue até o dia 31 de agosto.
Cerca de 80 mil pessoas devem passar pela feira durante os nove dias do evento, que recebe artesanatos de 20 estados brasileiros e do Distrito Federal. Sessenta e três artesãos da região metropolitana de Belém e do interior do estado, e artesanatos de 23 países também participam. Um dos princípios da FAM é promover o artesanato como importante estratégia de divulgação cultural; geração de emprego e renda e educação ambiental.
Atividades gratuitas, como oficinas gratuitas de artesanato, shows de artistas locais, além de apre...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 16hs48





No local o público poderá conferir produção de artesanato e artes manuais.
Iniciativa é coordenada pela Rede pela Diversidade Cultural de Cubatão.
Do G1 Santos
Cerca de 30 trabalhadores de toda a Baixada Santista participam, neste sábado (23) e domingo (24), da Feira Metropolitana de Arte e Artesanato, que acontece na Praça da Independência, no Jardim Casqueiro, em Cubatão (SP). O evento começa às 15h e segue até 22h. No local o público poderá conferir a produção de artesanato e artes manuais criadas por artistas de várias cidades da região.
A iniciativa é coordenada pela Rede pela Diversidade Cultural de Cubatão. Os 30 pontos de exposição e comercialização dos produtos incluem locais destinados aos Fundos Sociais de Solidariedade da Baixada Santista e, ainda, artesãos selecionados pelas secretarias municipais de Cultura, além de pontos específicos para artesãos de Cubatão.
A realização da Feira Metropolitana também tem como objetivo ...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 16hs47





O líder dos indígenas, Everaldo Manhuary Munduruku, mostra um dos vasos de cerâmica confeccionados pela etnia e expostos na feira
Da Redação
Agência Pará de Notícias
Colares, cocares, flechas, pulseiras, bodurnas, cerâmicas e outros utensílios feitos de sementes e penas nativas representarão, durante as Feiras do Artesanato Mundial (FAM) e do Artesanato Paraense (Fesarte), toda a diversidade da etnia Munduruku, a partir deste sábado, 23, no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém. Quatro indígenas dos municípios de Jacareacanga e Itaituba, assistidos pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e que representam as diversas famílias indígenas atendidas pelo órgão nos dois municípios do sudoeste paraense, estão em Belém para expor e comercializar o material na Feira.
Com o tema "Do tradicional ao contemporâneo: o artesanato está no dia a dia", até o próximo domingo, 31, o evento congrega cerca de 70 estandes e 1.2...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 16hs46





Detentas custodiada pela Superintendência do Sistema Penitenciário (Susipe), que formam a Cooperativa de Trabalho Arte Feminina Empreendedora (Coostafe), estarão presentes na Feira do Artesanato Mundial (FAM) e III Feira Estadual do Artesanato paraense (Fesarte), que serão realizadas de 23 a 31 deste mês, no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia. Promovida pela Secretaria de Estado de Trabalho, Emprego e Renda (Seter), as feiras terão a participação de 400 artesãos de 23 países.
No estande da Coostafe será possível comprar acessórios, como chinelos e chaveiros, puffs feitos com pneus, luminárias de crochê, almofadas, além de vasos, bonecas de pano, panos de prato, tapetes e canetas personalizadas, entre outros. "Estamos capacitando as internas que já evoluíram na produção de produtos. Agora elas já estão fazendo produtos para decoração. Sempre pensamos em como reaproveitar materiais reclicláveis", explica a diretora do Centro de Recuperação Feminin...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 16hs44



Páginas Anterior | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | Próxima
Histórico





 
Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro
  Av. Cristiano Machado, 640 / sala 1309 . Bairro Sagrada Família - BH - MG - faleconosco@brartesanato.com