Br Artesanato
Cadastre-se
Entrar
 
HOME
 
 

Lojas


Quem somos

Ações do Bem

Notícias

Canal BRartesanato

Política de Uso

No BRartesanato artesão não paga

Notícias

 





Será lançada na próxima quarta-feira (19), às 19 horas, a 1ª Feira de Artesanato da Região Centro-Oeste. O evento acontece até dia 23, nos Altos da avenida Afonso Pena, 4557, próximo ao viaduto da avenida Ceará, em Campo Grande. O horário de visitação será das 14 às 22 horas.
Participam desta feira os Estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Goiás mais o Distrito Federal. Tocantins integra a mostra como Estado convidado. Na ocasião, serão apresentados os produtos artesanais referenciais de cada região.
De acordo com a organização do evento, 20 municípios de Mato Grosso do Sul colocarão em exposição os trabalhos mais representativos que demonstram o grau de aprimoramento atingido pelos artesãos. Serão peças em cerâmica, fibra, madeira, tecelagem, cabaça, osso, chifre e couro de peixe.
O Estado de Mato Grosso apresentará o artesanato indígena, além de trabalhos em madeira e resina mais bichos empalhados e a famosa viola de cocho. Goiás trará artigos em madeira, argila, fibras e cabaça com destaque nas jóias confeccionadas com prata e pedras. A cidade de Brasília participará com suas flores do cerrado, luminárias de madeira com fibras de sisal e trabalhos de madeira de reflorestamento e reaproveitadas. Tocantins exibirá como carro chefe, peças de capim dourado, além de cestarias e mandalas de fibras de buriti e outros trabalhos com fibras de bananeira e bucha vegetal.
Todos os dias durante a feira, a partir das 19h30, haverá shows musicais, entre eles, da Orquestra Revoada Pantaneira (dia 19), Tostão e Guarani (dia 20), Chalana de Prata (dia 21), Coral de Porto Murtinho (dia 22).
Orquestra Revoada Pantaneira
Os principais ritmos da música rural brasileira, na mistura do clássico e do caipira, serão apresentados pela Orquestra Revoada Pantaneira. Criada em abril de 2007, pelo maestro André Viola, ela têm em seu repertório músicas de raiz e regionais, modas de viola, toadas, cururus, cateretês, polcas, chamamés, pagodes de viola, dentre outros que fazem parte da história cultural do Brasil, como: Menino da Porteira; Saudade da Minha Terra; Chalana; Chico Mineiro; Fio de Cabelo; Galopeira e Trem do Pantanal.
Tostão e Guarany
Tostão e Guarany também marcam presença com repertório recheado de obras musicais selecionadas, que mesclam traços inovadores com a música sertaneja raiz. Eles apresentam as mais belas canções regionais e de outros estilos, baseando-se nos sucessos da própria dupla, como: “Capetinha”, PT Saudações, Mágica ou sonho, Flor da fronteira, Estrada de chão, entre outras.
A valorização da cultura dos talentos regionais é uma das peculiaridades de Tostão & Guarany. A banda é composta por músicos atuantes no Estado e o cenário rústico inspira-se na realidade pantaneira. Formada em 1983, a dupla já se apresentou ao lado de artistas de todo o Brasil, dentre eles Tonico e Tinoco, Chitãozinho e Xororó, Chistian e Ralf, entre outros.
Chalana de Prata
Chalana de Prata surgiu da união de quatro artistas que já tinham trabalhos individuais: os compositores Paulo Simões, Celito Espíndola e Guilherme Rondon, além do sanfoneiro Dino Rocha. Os artistas receberam influência dos ritmos fronteiriços como o chamamé, a polca e a guarânia, cultuados por toda a Bacia do Prata. O repertório do grupo satisfaz tanto aos ouvintes mais exigentes quanto aos dançarinos mais ousados e dispostos a reinar num salão.
Notícias MS / AT
Fonte: midiamax




Postado por: BRartesanato às 16hs46



Histórico





 
Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro
  , / . Bairro - - - faleconosco@brartesanato.com