Br Artesanato
Cadastre-se
Entrar
 
HOME
 
 

Lojas


Quem somos

Ações do Bem

Notícias

Canal BRartesanato

Política de Uso

No BRartesanato artesão não paga

Notícias

 





Acervo traz tradição de povos que preservam cultura do estado.Daniela Aguena
Exposição Entidades do Artesanato de Mato Grosso do Sul
A partir da próxima terça-feira (22), a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul abre a exposição temporária "Entidades do Artesanato de Mato Grosso do Sul", na Casa do Artesão de Campo Grande .
Estarão em exposição obras de artesãos vinculados a Artems (Associação dos Artesãos de MS), Fenarte (Federação dos Artesãos de MS), Proart (Associação dos Produtores de Artesanato de MS), Sinart (Sindicato dos Artesãos), Uneart (União dos Artesãos de MS) e API (Associação da Praça dos Imigrantes).
A exposição tem a finalidade de promover a integração dos artesãos e fortalecer o relacionamento comercial e institucional desses profissionais que através das mãos perpetuam a história de Mato Grosso do Sul.
A mostra, que faz parte do projeto Exposições Temporárias da Casa do Artesão 2014, pode ser visitada de se...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 17hs28





Aplicadas não só nas brincadeiras infantis, mas também como excelentes objetos de decoração, as bonecas de pano são itens que nunca saem de moda no mercado artesanal. Com objetivo de inserir a mulher do campo no mercado de trabalho, a Cooperativa Pindorama oferece, a partir deste mês de julho, um curso de fabricação de bonecas de pano.
Promovido pelo Centro de Treinamento Rural de Pindorama (Cetrup), a capacitação, com 20 vagas, tem duração de três meses, encerrando-se em setembro, e é realizado a partir de aulas durante duas vezes na semana.
Para participar do curso, que é oferecido gratuitamente pela Cooperativa para as mulheres moradoras do povoado Pindorama, em Coruripe, as candidatas devem efetuar sua inscrição no Cetrup, na sede da Cooperativa, portando uma foto 3x4, identidade, CPF, além de comprovante de residência.
De acordo com a superintendente do Cetrup, Alda Júlia, a iniciativa promovida pela Cooperativa dá continuidade ao trabalho de ger...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 17hs39




Lei garante isenção para agricultor, microempreendedor e economia solidária
A presidenta da República, Dilma Rousseff, sancionou no último mês a lei que garante ao agricultor familiar, ao Microempreendedor Individual (MEI) e ao empreendedor da economia solidária a isenção do pagamento da Taxa de Fiscalização de Vigilância Sanitária da Anvisa. A medida está no artigo 18 da lei 13.001/14, publicada no dia 23 de junho no Diário Oficial da União.
De acordo com o artigo, os três tipos de empreededores não precisam mais pagar as taxas para regularizar suas empresas e produtos na Agência. A medida é resultado do programa Inclusão Produtiva com Segurança Sanitária, da Anvisa, que faz parte do programa Brasil Sem Miséria, do Governo Federal. A proposta é de que as ações devigilância sanitária sirvam como alavanca e suporte ao empreendimento familiar rural, ao empreendimento da economia solidária e ao microeempreendedor individual. Esses são os públicos que ...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 17hs33





Estão disponíveis no local 48 documentos solicitados.
Carteirinha dá uma série de direitos aos artesãos da cidade.
Do G1 Santos
Os artesãos que atuam em Itanhaém, no litoral de São Paulo, e solicitaram a carteirinha da Superintendência do Trabalho Artesanal nas Comunidades (Sutaco) já podem comparecer ao órgão para retirá-las. São 48 documentos disponíveis no local.
A Sutaco tem como finalidade cadastrar os artistas, incentivando o artesanato também como forma de geração de renda. Com a carteirinha do órgão, o artesão pode emitir nota fiscal eletrônica, participar de cursos de qualificação como aluno ou como professor, além de ter acesso a microcrédito, orientação técnica e jurídica. O artista também poderá participar de exposições e vender produtos em pontos de venda permanentes e em eventos.
Para retirar o documento, basta que os artesãos compareçam ao local, que pertence à Secretaria de Relações do Trabalho e fica no Centro d...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 17hs31





Sou um defensor da floresta, diz o seringueiro José Rodrigues.
Ele usa técnica da Folha Semi Artefato (FSA) para produzir peças.
Veriana Ribeiro
Do G1 AC
O seringueiro José Rodrigues com a esposa
Desde os dez anos, o seringueiro e artesão José Rodrigues, de 42 anos, trabalha com a extração de látex em seringais no Acre. Há sete anos, ele começou a fazer sapatos de borracha usando uma técnica em que são produzidas folhas de latex, as chamadas Folha Semi Artefato (FSA). São botas, sapatilhas e até sandálias gladiadoras. O dom de produzir os materiais em látex fez com que o seringueiro ficasse conhecido como Doutor Borracha.
"Toda vida eu sempre cortei seringa, desde os meus dez anos de idade. Participei de um curso com representantes da Universidade de Brasília (UnB) e comecei a fazer artesanato. Fiz vários produtos, sandálias diferenciadas", lembra.
Ele admite que nunca pensou em ser artesão. O dom, foi uma descoberta. Mas atualmente Rodrigu...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 17hs29




Políticas de Economia Solidária e Segurança Alimentar são consolidadas no município de Joinville
As Políticas Públicas de Economia Solidária e de Segurança Alimentar foram consolidadas no município com a aprovação de duas leis, na manhã desta segunda-feira (12/11). O prefeito Carlito Merss assinou os documentos em uma cerimônia na Prefeitura de Joinville, que contou com a presença de representantes do poder público, da sociedade civil e pessoas que participaram da elaboração dos respectivos documentos.
A Lei nº 7.305 dispõe sobre a Política Municipal de Fomento à Economia Solidária. A consolidação desta Política no município irá contribuir para o desenvolvimento de mais empreendimentos solidários, que têm por base princípios como a autogestão, a cooperação e solidariedade. Nos empreendimentos que adotam esta prática, são desenvolvidas gestões democráticas, nas quais o lucro arrecadado com a venda de produtos ou serviços é distribuído igual...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 17hs26




Artesanato mineiro registra número surpreendente de vendas na CopaProdutos feitos à mão no estado, como peças do Jequitinhonha e flores de fuxico conquistaram os turistas. Legado é a abertura do mercado para exportações

Marta Vieira
Marinella Castro

A cachaça mineira de alambique venceu concorrentes durante a Copa 2014 e só perdeu para a cerveja entre as bebidas mais vendidas nos bares e restaurantes
Fora do campo, o artesanato, alimentos e bebidas típicos, a exemplo dos doces e da cachaça de Minas Gerais, que os próprios brasileiros conhecem menos do que poderiam, fizeram a sua goleada particular durante a Copa do Mundo, com surpreendente volume de vendas e uma campanha de divulgação jamais vista pelos artesãos, fabricantes e comerciantes do ramo. Os resultados desses negócios, que conquistaram o gosto de turistas nas cidades-sede do Mundial, começaram a ser levantados ontem, mas será difícil chegar a números precisos, diante da escassez de ind...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 17hs18




Olá pessoal chega ao portal BR Artesanato, a equipe Arrozgravado. Lindas peças artesanais e exclusivas. De forma simples, dedicada escrevemos o seu nomes, ou de quem você ama em um pequeno e delicado grão de arroz. Podendo serem usadas como colares, pulseiras, brincos, chaveiros e outros. Visitem-nos e conheçam o nosso trabalho. Felicidades a todos.


Postado por: Arrozgravado às 19hs47





No total, 15 presos participam de curso dentro do presídio.
Módulo de empreendedorismo os incentiva a abrir o próprio negócio.
Rafaela Borges
Do G1 Zona da Mata
Materiais são confeccionados por detentos
Ressocializar e oferecer possibilidades para uma vida melhor após a detenção são alguns dos objetivos do curso de Artesão de Biojoias, que atualmente é ministrado para 15 detentos do Presídio de Viçosa. Nas aulas, os alunos aprendem a confeccionar objetos como pulseiras, anéis, brincos, cintos e tiaras, todos com materiais vindos da natureza, como sementes, vegetais, palhas, frutos secos e madeira.
A iniciativa é oferecida pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). As aulas tiveram início na última segunda-feira (23). "Todos os detentos estão com grande dedicação, curiosidade, interesse e participação. Estão muito envolvidos", disse a instrutora do curs...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 21hs45





A presidenta da República, Dilma Rousseff, sancionou na última segunda-feira (23/6) a lei que garante ao agricultor familiar, ao Microempreendedor Individual (MEI) e ao empreendedor da economia solidária a isenção do pagamento da Taxa de Fiscalização de Vigilância Sanitária da Anvisa. A medida está no artigo 18 da lei 13.001/14, publicada nesta segunda-feira (23/6) no Diário Oficial da União.
De acordo com o artigo, os três tipos de empreededores não precisam mais pagar as taxas para regularizar suas empresas e produtos na Agência. A medida é resultado do programa Inclusão Produtiva com Segurança Sanitária, da Anvisa, que faz parte do programa Brasil Sem Miséria, do Governo Federal. A proposta é de que as ações de vigilância sanitária sirvam como alavanca e suporte ao empreendimento familiar rural, ao empreendimento da economia solidária e o microeempreendedor individual. Este é o publico que enfrenta maior dificuldade na formalização de seus negóci...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 21hs43





Thatiana Pimentel
Expectativa é que a feira consiga atrair mais de 320 mil pessoas durante seus 11 dias de realização.
A partir das 14h desta quarta-feira (2), a 15º edição da Fenearte será aberta ao público. A expectativa é que a feira consiga atrair mais de 320 mil pessoas durante seus 11 dias de realização, que devem consumir mais de R$ 43 milhões em produtos. Justificando esses números, vale ressaltar que esta também é a edição mais cara da feira, com investimento de aproximadamente R$ 5 milhões.
Na edição anterior, o evento conseguiu reunir cerca de 310 mil pessoas que movimentaram R$ 42 milhões. Os itens com maior procura são roupas, sapatos, bolsas, acessórios femininos, artigos decorativos, itens de cama, mesa e banho, esculturas, quadros e brinquedos.
Este ano, as novidades serão a exposição Alto do Moura na Copa, localizada no piso superior do pavilhão, reunindo peças de barro confeccionadas por 180 artesãos da comunidade, em Carua...

saiba mais

Postado por: às 21hs36




Campo Grande (MS)- A Fundação de Cultura do governo de Mato Grosso do Sul levará o trabalho de duzentos artesãos do Estado para a 15ª Feira Internacional de Negócios do Artesanato (Feneart), a maior da América Latina no setor artesanal. O evento acontece de 2 a 12 de julho em Olinda, Pernambuco.
A Feneart promete transformar o pavilhão do Centro de Convenções de Olinda em um grande espelho para o artesanato dos estados do Brasil e países participantes. Cinco mil expositores ocuparão 800 espaços em uma área de 29 mil m². A estimativa é movimentar acima de R$ 40 milhões em negócios e receber um público superior a 300 mil pessoas durante a realização.
Com o tema "Mamulengo, a arte da Alegria", a programação termina um dia antes da final da Copa do Mundo. A Feira une cultura, gastronomia, decoração, moda, música e artesãos de Pernambuco, do Brasil e de 35 países. As tipologias artesanais a serem selecionadas são argila, borracha, couro, fibras vegetais, f...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 21hs26




CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
PROGRAMA CAIXA DE APOIO AO ARTESANATO BRASILEIRO
PATROCÍNIO 2015
REGULAMENTO

1. OBJETO
1.1 O presente regulamento tem por objeto a seleção para patrocínio de projetos a serem realizados ao longo de 2015 que visem ao desenvolvimento de comunidades artesãs e à valorização do artesanato tradicional brasileiro.
1.2 A CAIXA receberá inscrições de projetos no período de 22 de maio a 07 de julho de 2014.
1.3 O orçamento que fará frente a esse processo é dotação própria da CAIXA, sem a utilização de benefícios de leis de Incentivo Fiscal.
1.3.1 Ainda que o patrocínio seja proveniente de dotação própria da CAIXA, caso o projeto esteja aprovado no Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac), o proponente deverá ser o mesmo inscrito no Ministério da Cultura.
1.4 Os projetos deverão ser apresentados, obrigatoriamente, por proponentes cuja constituição seja de Pessoa Jurídica, sem finalidades lucrativas e que ...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 20hs28



Histórico





 
Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro
  , / . Bairro - - - faleconosco@brartesanato.com