Br Artesanato
Cadastre-se
Entrar
 
HOME
 
 

Lojas


Quem somos

Ações do Bem

Notícias

Canal BRartesanato

Política de Uso

No BRartesanato artesão não paga

Notícias

 





A Companhia de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (CDHU), em parceria com Superintendência do Trabalho Artesanal nas Comunidades (Sutaco) oferecerão, a partir do próximo dia 22, curso de macramé para mulheres beneficiárias do CDHU-D, que está em fase de acabamento em Espírito Santo do Turvo (75 quilômetros de Bauru). A atividade é por meio do Projeto Capacidades.
Na última quarta-feira, a coordenadora setorial do trabalho social da CDHU, Maria Inês Fontana, a técnica social da região, Ilda Chicalé Atauri, e a técnica social habitacional da cidade, Alessandra Maria Giles de Oliveira, realizaram uma reunião de mobilização para explicar às mulheres beneficiadas com as unidades habitacionais do CDHU D sobre o projeto.
Segundo Maria Inês, o curso terá 60 horas, com aulas duas vezes na semana, no período noturno, durante dois meses. Em Espírito Santo o curso deve ocorrer as segundas e quartas-feiras, no salão em frente à Secretaria de Bem Estar ...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 11hs06




Curso artesanal com material reciclável direcionado aos internos do programa Semiliberdade.
O programa Semiliberdade da Secretaria da Assistência Social e Cidadania (Sasc), que atende jovens em cumprimento de medidas socioeducativas em regime semiaberto, está promovendo o curso de artesanato e tear com material reciclável direcionado aos internos e suas mães.
O curso artesanal de reciclagem trabalha a confecção de porta-joias, porta-retratos, borboletas e cachorrinhos, que servem como ornamentos caseiros, bem como, a fabricação de tapetes, que é ensinado aos internos no curso de tear, ressalta-se, que garrafas pet e latas constituem a matéria-prima base do curso.
O curso é realizado três vezes por semana; as segundas, quartas e sextas-feiras, no horário de 8h às 11h e de 14h às 17h com uma carga horária aproximada de 3 meses.
A coordenadora do programa Semiliberdade, Adalgisa Sousa, fala da relevância da aprendizagem da produção artesanal pa...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 11hs05




O município de Viçosa tem uma grande variedade de produtos artesanais. Buscando estratégias para fomentar o turismo em Viçosa e a comercialização dos produtos da terra, a Prefeitura de Viçosa está construindo o Centro de Artesanato Municipal, um espaço adequado para fabricação e comercialização de produtos artesanais e gastronômicos.
O Centro funcionará no antigo prédio da estação ferroviária, na Avenida Firmino Maia. O espaço passa por reforma e adequações, que já estão em ritmo acelerado para ser transformado em um centro público de exposição permanente da arte local. Serão em média 14 lojas, praça de alimentação e área de exposição.
Segundo a secretária de Cultura e Turismo de Viçosa, Karina Padilha, a criação do centro de artesanato vai incentivar o potencial artístico, cultural e turístico de Viçosa, além de incentivar a criação de associações de artesãos da terra. “Vamos revitalizar o espaço...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 11hs04




Artesãs participaram de cursos de capacitação de vendas e cooperativismo.
Preços das peças podem variar de R$ 20 a R$ 70.
As agricultoras de Brás Pires, na zona da mata de Minas Gerais, aproveitam a palha de milho para produzir peças de artesanato, uma alternativa de renda a aproveita um material que seria descartado nas propriedades. O artesanato é feito por encomenda e exposto em feiras pelo país. Os valores das peças podem variar de R$ 20 a R$ 70.
O grupo faz parte da Associação de Pequenos Produtores Agroartesanais de Brás Pires. Para aprimorar as técnicas e a forma de dar visibilidade ao negócio as artesãs participaram de cursos de capacitação na área de vendas e cooperativismo.
A debulhagem do milho começa no quintal da casa das agricultoras. Os grãos secos são separados da palha usada na confecção das peças. A palha cortada preenche formas de madeira. Os pedaços são emendados um ao outro e criam uma espécie de linha cham...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 11hs02




Os tecidos têm aplicação de bordados feitos à mão, renda de bilros, entre outros estilos
Editoria Cultura & Comportamento
Roupas e acessórios produzidos artesanalmente e com materiais recicláveis foram apresentados nesta sexta-feira (5) durante o desfile Ecofashion, no Centro Público de Economia Solidária de Salvador (Cesol), localizado no bairro do Comércio. Para a produção das peças os profissionais utilizaram técnicas de customização de roupas e calçados.
Os tecidos têm aplicação de bordados feitos à mão, renda de bilros, entre outros estilos. “As roupas são confortáveis e eu usaria para ir a qualquer lugar. É um trabalho artesanal magnífico e que dá orgulho de tê-lo no guarda-roupa”, afirmou a modelo Sidneia Maria Conceição.
O evento de moda e design serviu para apresentar os produtos que, diariamente, são comercializados na sede do Cesol-Salvador, fabricados por artesãos e costureiras individuais ou por intermédio d...

saiba mais

Postado por: BR artesanato às 11hs01



Histórico





 
Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro
  , / . Bairro - - - faleconosco@brartesanato.com