Br Artesanato
Cadastre-se
Entrar
 
HOME
 
 

Lojas


Quem somos

Ações do Bem

Notícias

Canal BRartesanato

Política de Uso

No BRartesanato artesão não paga

Notícias

 





Maria de Fátima pereira Xavier ou simplesmente Fatinha é a futura presidente da Associação dos Artesões do Município de Montes Claros, e juntamente coma secretaria de cultura realizam a feria de artesanato há mais de 13 anos. Durante sete anos ela foi realizada na avenida deputado Esteves Rodrigues, mas na administração de Athos e atendendo ao pedido dos feirantes voltou a ser realizada na Praça da Matriz.
Fatinha conta que ainda não tomou posse, apesar da eleição ter sido realizada em julho de 2012 e o estatuto prevê que o atual presidente deva tem de 30 a 40 dias para passar o cargo, essa transição ainda não foi feita.
De acordo com a futura presidente, a associação conta com 138 feirantes cadastrados com bancas fixas. Segundo ela passam pela feira cerca de 2000 pessoas por domingo. Ela explica que cada artesão paga uma taxa para filiação de R$ 100. As bancas são montadas todos os sábados a noite e desmontadas domingo a partir das 14 horas é cobrado de ...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 13hs41




Proposta é oferecer novos conceitos e técnicas a trabalhos com vistas a eventos como a Copa de 2014
 Artesãos dos municípios de Cacoal, Pimenta Bueno, Rolim de Moura e Ji-Paraná, participantes do Projeto Expo Art 2014, participam, em Cacoal, de hoje (4) a quarta-feira (6), da 1ª Oficina de Design. A proposta é de buscarem melhorias e desenvolvimento de produtos já criados, visando o lançamento de 100 novas peças até o final deste ano e que poderão ser vendidas em eventos como a Copa de 2014.
 A oficina será conduzida por Mazarelo Carneiro e Jivago Nolli, consultores de design desde 2002 junto ao Sebrae Minas. Eles apoiarão os artesãos rondonienses em conceitos do abstrato, no processo criativo e também elaboração consciente de elementos – matéria prima regional, traços e imagens culturais como subsídios para novos produtos.
Essa capacitação é uma ação do Projeto de Artesanato Expo Art 2014, realizado em parceria pelo Sebrae Naci...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 10hs32




Indicações geográficas, marcas coletivas, marcas de certificação e registro dos conhecimentos tradicionais. Esses bens intelectuais coletivos reconhecidos em uma relação equilibrada entre consumidor, produtor e distribuidor, representam uma nova era mercantil. Refiro-me ao comércio justo e solidário.
A prática se desenvolveu após a segunda guerra mundial nos Estados Unidos e em boa parte da Europa. A partir desse milênio foi renovada por conta da preocupação global crescente em se garantir um planeta mais saudável para as próximas gerações.
O comércio justo e solidário existe quando produtor, distribuidor e consumidor aceitam estabelecer negócios transparentes, pautados por valores e princípios relacionados à concorrência leal, à dignidade dos trabalhadores e aos direitos dos consumidores. Essa concepção era tida no final do século passado como um ideal distante, inalcançável para muitos. Mas a urgência por um planeta ambientalmente mais...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 10hs30



Histórico





 
Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro
  , / . Bairro - - - faleconosco@brartesanato.com