Br Artesanato
Cadastre-se
Entrar
 
HOME
 
 

Lojas


Quem somos

Ações do Bem

Notícias

Canal BRartesanato

Política de Uso

No BRartesanato artesão não paga

Notícias

 





Parceria com a marca Cantão pode gerar renda para associações de artesãs
Maceió - Das mãos da mulher rendeira para as passarelas de alta costura. O artesanato alagoano está prestes a se tornar ícone nas próximas coleções de uma das grifes mais importantes do país. Três estilistas da franchising Cantão partem do Rio de Janeiro para realizar uma pesquisa de campo em Alagoas, de 4 a 7 de fevereiro. Para executar esse projeto pioneiro, os franqueados da marca em Maceió buscaram o apoio do Sebrae em Alagoas e da Secretaria Municipal de Promoção do Turismo (Semptur).
À frente da comitiva, a coordenadora de estilo da franquia, Lanza Mazza, é um dos nomes de destaque na vanguarda da moda brasileira. Com formação em desenho industrial e estudos de moda em Nova York e na Itália, a estilista ficou impressionada com a riqueza do filé, além de outros bordados, rendas e acessórios artesanais. “O trabalho é encantador e realmente...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 11hs26




Empreendedora por uma causa. Catarina Beirão é uma advogada de Viseu apaixonada por animais. Desde pequena que tem sempre algum por perto. Atualmente, o seu companheiro é o coelho Tambor. Queria ter mais, mas não tem condições para os acolher em casa nem dinheiro para ajudar todos. Por isso é que criou a Cat hand Love, um primeiro passo para tornar essa ajuda possível. Costura, faz bolsinhas e peças de artesanado para vender e as receitas revertem a 100% para os animais.
Através das redes sociais, percebeu a dimensão do abandono e dos maus-tratos que os animais sofrem. “Um verdadeiro flagelo”. Mas felizmente, apercebi-me também que há o reverso: pessoas verdadeiramente bondosas e movidas por esse amor aos animais que se dedicam de corpo e alma a ajudá-los”.
Seja fazendo parte de associações, “seja individualmente, lutam diariamente e muitas vezes em prejuízo próprio para lhes dar uma oportunidade na vida de saberem o que é um carinho, um pr...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 11hs25




Pesquisa da UFBA reconhece o artesanato como elemento consolidador da cultura local no Território do Sisal
O artesanato, atividade que movimenta a economia de muitas cidades, é compreendido como elemento importante para a identidade cultural no Território do Sisal. A prática é objeto do grupo de pesquisa do Centro Interdisciplinar de Desenvolvimento e Gestão Social (CIAGS), da Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia (ADM –UFBA), coordenada pela professora Tânia Fisher. O projeto “Maestria em artes e ofícios populares: mapeamento dos mestres artesãos e seus saberes populares no Território do Sisal” busca catalogar os grupos culturais da região.
A pesquisa, financiada pela Fundação de Amparo à pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB), por meio do Edital Semiárido de 2007, teve o objetivo de investigar os fenômenos sociais representados pelo surgimento dos ofícios artesanais, bem como sua diversidade, tendo como ênfase: 1) os a...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 11hs23




O Sindicato dos Empregadores Rurais de Agudo esteve reunido na última sexta-feira com integrantes do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural- SENAR para definir os cursos de capacitação a serem realizados em 2013. Até o mês de agosto, foram indicados os cursos conforme a demanda e indicações dos agricultores. As datas serão definidas de acordo com a agenda dos instrutores. Os cursos foram assim definidos: Março: Curso de Artesanato- confecção básica de vestuário feminino; Abril: Curso de Artesanato: tingimento e pintura em tecido; Curso de cerca elétrica e Curso de aplicação correta e segura de agrotóxico NR31; Maio: Curso de Jardinagem; Curso de aplicação correta e segura de agrotóxico NR31 e duas turmas no Programa "Com licença, vou à Luta; Junho: Curso de Artesanato: bonecas de pano; Curso de fabricação de melado, açúcar mascavo e rapadura; Curso de produção de embutidos e defumados e Curso de eletricista Rural; Agosto: Curso de Artesanato: c...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 11hs22




A produção artesanal de 250 mulheres de 17 terreiros de candomblé, situados em Salvador e região metropolitana, ganhou na quinta-feira (27/12) uma loja exclusiva. É o Espaço Mauanda – Arte, Moda e Cultura Afro, localizado na Estrada do Coco, município de Lauro de Freitas. Roupas, peças de tecido, de decoração e enfeites feitos pelas mulheres serão comercializados no local.
Parte do Programa Vida Melhor Urbano, do Governo do Estado, o objetivo da ação é promover a inclusão produtiva com geração de renda e preservação das tradições e da cultura afrodescendentes. A inauguração reuniu líderes religiosas e representantes do poder público.
“É um tipo de loja que não existia e apresenta trabalhos de valor cultural. Acreditamos no sucesso do empreendimento”, disse o coordenador do programa, Ailton Florêncio. Segundo ele, a ação foi iniciada com a identificação das artesãs e análise da viabilidade econômica dos produtos. Em seguida, ...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs29




Alguns dos estandes do 17º Salão de Artesanato da Paraíba que mais fazem sucesso entre os visitantes têm cor, cheiro e muito sabor. Todos estão instalados na praça de alimentação do evento, que enaltece a verdadeira gastronomia paraibana. Os turistas ficam encantados ao saborearem e conhecerem as origens das comidas típicas do Estado.
Entre os que mais chamam atenção do público, destaque para os que comercializam licores. Betejane Menezes produz a bebida artesanalmente com a mãe, Maria Eva Menezes, em Guarabira. Ela revela que participa do Salão desde as primeiras edições. Com 52 anos de tradição e experiência no ramo, elas triplicam os lucros do negócio da família durante o evento. “A gente dá graças a Deus por participar do Programa de Artesanato, porque aqui temos oportunidades de expandir nosso negócio, aumentar a clientela e a nossa renda. Tudo feito de forma organizada e com respeito pelo nosso trabalho. O Governo do Estad...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs28




Após sofrer um acidente grave e ficar sem emprego, o escultor Guilherme Santos, 35 anos, resolveu usar seu talento para investir em um negócio próprio. Com esse objetivo, começou a esculpir artesanatos com matéria prima do cerrado tocantinense. Capins dourados, jatobás, buchas vegetais, talos de buritis e vargens de flamboyant começaram a ganhar novas formas e a arte foi surgindo. Com o material, o artesão esculpiu bonecos, quadros e porta canetas, os quais vieram a ser conhecidos nacionalmente.
Segundo o empresário, tudo começou quando fez telhas decorativas, e o artesanato foi bem vendido em uma feira no interior do Tocantins. A partir desse primeiro produto, pensou em criar um objeto que não iria prejudicar a natureza e lhe renderia bons lucros, assim nasceram os bonecos feitos de jatobá. "Nesse momento, eu vi que eu poderia viver da arte".
Não houve investimentos financeiro, conta o artesão. Ele não dispunha de capital, somente a criatividade e a ...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs27




Baseados no modelo incentivado pelo Ministério do Trabalho, adeptos palhocenses pedem apoio para participar de licitações
Nem só de pães, bolachas, queijos caseiros e produtos orgânicos se faz a Economia Solidária em Palhoça. Além da feira semanal que acontece todas as quartas-feiras no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Palhoça, no centro da cidade, outro espaço promove, diariamente, o movimento social no Município: a loja de artesanato Recanto das Artes. 
Localizado em um quiosque na Praça Sete de Setembro desde 2006, o local é cedido pela Prefeitura para seis mulheres que, usando os princípios da Economia Solidária, têm no artesanato um complemento para a renda mensal. “O lucro mensal de cada artesã varia muito, mas fica em torno dos R$ 500. Algumas chegam a lucrar até R$ 1,2 mil por mês”, explica Inês Terezinha Guarnieri, estudante de Serviço Social.
Os adeptos da Economia Solidária pretendem conseguir do Município um apo...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs26




De 2005 a 2012 mais de 169 mil produtos foram comercializados
Mato Grosso vendeu 169 mil produtos artesanais mato-grossenses entre 2005 e 2012
DA ASSESSORIA
Referência nacional, o artesanato mato-grossense continua em crescimento. No período entre 2005 e 2012, mais de 169 mil produtos artesanais foram comercializados em eventos realizados pela Secretaria de Estado de Indústria, Comércio, Minas e Energia (Sicme) em parceria com o Programa Artesanato em Mato Grosso (PAB/MT). O avanço da atividade ocorreu no mesmo momento em que os trabalhadores da área começaram a se profissionalizar, investir em qualificação e na internacionalização de seus produtos, impulsionados pelo aquecimento do mercado pelo fato do Brasil ser sede da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016.
O Estado tem atualmente entre 13 e 16 mil artesãos e trabalhadores manuais, segundo diagnósticos feitos pela Sicme. Destes, 4.779 artesãos e 287 trabalhadores manuais estão inser...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs24




Estratégia é apresentar produtos que atendam às demandas de turistas que visitarão o Rio Grande do Norte na Copa do Mundo
João Hélio apresenta as novidades do espaço do Sebrae para a Fiart deste ano
Natal - A 18ª edição da Feira Internacional de Artesanato do Rio Grande do Norte (Fiart) deve atingir um volume de vendas da ordem de R$ 5,7 milhões, segundo projeção dos organizadores. O evento, lançado nessa quinta-feira (10), começa no dia 18 e contará com 385 estandes de vários estados do Brasil e de outros países. O Sebrae no Rio Grande do Norte terá um espaço denominado Brasil Original, que contará com a exposição de produtos com foco na Copa do Mundo da FIFA 2014. 
No lançamento, o diretor-técnico do Sebrae no estado, João Hélio Cavalcanti, ressaltou a participação da instituição e a importância do artesanato para a economia do estado, como atividade geradora de renda para os grupos produtores. Além disso, o ...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs24




Parceria com a marca Cantão pode gerar renda para associações de artesãs
Artesanato alagoano
Das mãos da mulher rendeira para as passarelas de alta costura. O artesanato alagoano sempre se destacou pelo mundo afora e está prestes a se tornar ícone para as próximas coleções de uma das grifes mais importantes do país.
Três estilistas da franchising Cantão partem do Rio de Janeiro para realizar uma pesquisa de campo em Alagoas, entre os dias 4 e 7 de fevereiro. Para executar este projeto pioneiro, os franqueados da marca em Maceió buscaram o apoio do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e da Secretaria Municipal de Promoção do Turismo (Semptur).
À frente da comitiva fashion, a coordenadora de estilo da franquia, Lanza Mazza, é um dos nomes de destaque na vanguarda da moda brasileira. Com formação em desenho industrial e estudos de moda em Nova York e na Itália, a estilista ficou encantada quando percebeu a riqueza do f...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs23




Elas podem ser feitas até 8 de fevereiro.
Ao todo são 363 vagas gratuitas.
O Centro Cultural de Jaú (SP) está com vagas abertas para curso de artesanato em vários materiais, como, teatro, dança e música. São 363 vagas gratuitas. O período de inscrição começou nesta segunda-feira (28) e segue até 8 de fevereiro. 
Entre os cursos oferecidos estão artesanato em couro e terar, pintura em madeira, vidro, gesso, cerâmica, tecido, decupagem, tricô, desenho artístico, teatro, dança de salão e violão erudito. Para participar dos cursos, os interessados devem comparecer à Secretaria de Cultura e Turismo de Jaú com RG, certidão de nascimento e comprovante de residência. 
Confira vagas       Artesanato em couro e tear (3 tipos) 42 Segundas, quartas e quintas, 8h às 11h e 13h às 17h. Pintura em madeira, vid...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 10hs57




O Salão de Artesanato da Paraíba está na reta final, mas os visitantes ainda podem apreciar peças inspiradas no período medieval e na cultura popular, através da cutelaria, literatura de cordel e xilogravura. A única cuteleira medieval do Nordeste, a artesã Cler Ramalho, destaca a oportunidade de divulgar o ofício que, segundo ela, está se extinguindo no mundo. “São facas artesanais e exclusivas. O processo para fabricação de cada uma dura três dias”, explicou. A madeira utilizada no cabo é reciclada. Ela também utiliza ossos ou chifres de animais.
As peças não atraem apenas colecionadores, mas os apaixonados pela arte de cozinhar e pelo famoso churrasco. “Aqui o turista conhece o produto e, depois do salão, pode participar do curso de cutelaria, onde o aluno aprenderá a produzir sua própria faca”, disse a artesã. Entre os modelos mais procurados estão a faca turca, persa, espadas e punhais medievais, dropp point e alguns modelos exóticos ...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 10hs56




O 17º Salão de Artesanato da Paraíba que, neste ano trouxe o tema "O Imaginário Infantil", foi encerrado neste domingo (27), no Jangada Clube, na praia do Cabo Branco, em João Pessoa, superando todas as edições anteriores com um saldo de R$ 1.355.682,90 em vendas realizadas. Em apenas 33 dias de evento 90.552 mil visitantes se renderam às belezas e à diversidade do artesanato paraibano.
Com o objetivo de mostrar a história, tradição e cultura paraibana, o Salão de Artesanato Paraibano foi aberto no dia 19 de dezembro de 2012. No local, 700 expositores, representantes de 4.250 associações de 128 municípios paraibanos, puderam mostrar sua arte aos visitantes de vários estados do Brasil e do mundo.
O espaço reuniu artesãos com diversas habilidades produzidas em peças de fios, madeira, algodão colorido, fibra, cerâmica, couro, tecelagem, brinquedo, pedra, metal, osso, artesanato indígena, cordel, xilogravura e habilidades manuais.
Volume de venda...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 10hs55




A partir desta sexta-feira (25), o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) começará a comprar compulsoriamente 27 peças artesanais por dia produzidas pelos índios guaranis que vivem às margens da rodovia BR-116, no município de Barra do Ribeiro, no Rio Grande do Sul
A compra é uma contrapartida negociada pelo Dnit com entidades federais para garantir a duplicação de um trecho 211 quilômetros da rodovia, entre Guaíba e Pelotas.
A exigência foi feita pela Funai (Fundação Nacional do Índio) e pelo Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) e consta no Projeto Básico Ambiental (PBA) aprovado pelo Dnit, publicado no Diário Oficial da União no dia 2 de janeiro.
A medida tem de ser cumprida sob pena de não haver a liberação de aproximadamente 25 quilômetros para a realização da obra. A justificativa da Funai e do Ibama, que autorizaram a duplicação, é que os atuais pontos de venda dos...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 10hs54




A partir de fevereiro, a tradicional Feira de Arte e Artesanato do distrito de Sousas, a Vila das Artes, em Campinas, volta a realizar sua edições mensais, sempre no primeiro domingo de cada mês, na Praça Beira Rio, no centro do distrito. 
Na edição do dia 03 de fevereiro, a primeira de 2013, haverá um workshop de pintura em tela para crianças a partir dos dois anos de idade. A artista plástica Bianca Gerbassi ensinará um pouco sobre pintura em geral para os interessados, que vão poder levar para casa o trabalho realizado. O workshop é gratuito, aberto ao público, e acontece durante todo o horário da feira, das 09h às 14h. 
A barraca “Lembranças de Sousas” é outra aposta da Vila das Artes e reúne peças feitas pelos próprios expositores com a marca “Vila das Artes”. É nesta barraca que ficam os dois ‘personagens’ oficiais da feira: bonecos de papel machê, obra da artista plástica Natasha Faria, batizados de João da Vila e a...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 10hs53




O artesanato gera renda para milhares de famílias brasileiras e representa 2.8% do PIB nacional
O Brasil fascina por sua miscigenação de raízes indígenas, europeias, asiáticas e africanas, e suas várias facetas refletem na cultura nacional. Artesanato é uma delas e marca presença novamente na NYIGF – New York International Gift Fair 2013, uma das principais feiras de presentes e decoração do mundo, a partir deste final de semana. Além de divulgar os valores e as crenças do povo brasileiro, o artesanato é feito à mão de forma sustentável, principal característica que vem contribuindo para alcançar os mercados internacionais. “Todo mundo no exterior sonha em ter uma experiência de Brasil, esses produtos contam nossa história”, afirma Tânia Machado, presidente da ABEXA – Associação Brasileira de Exportação do Artesanato.
A atividade gera renda para milhares de famílias no Brasil, cerca de R$ 30 bilhões por ano e representa 2.8% do PIB...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs06




Curso de pintura em tecido, crochê/ esmirra, chinelo decorado e E.V.A são os oferecidos
A Subprefeitura Guaianases por meio da Supervisão de Cultura abre inscrições para cursos de artesanato com início das aulas em fevereiro. Quem tem interesse em pintura em tecido, crochê/ esmirra, chinelo decorado e E.V.A, já pode fazer sua inscrição, não há restrição de idade, e as vagas são limitadas.
Os interessados deverão comparecer no Centro Cultura de Guaianases (Rua Profº Cosme Deodato Tadeu, 136), com a xerox do RG e comprovante de endereço. Mais informações: 2961-0883.
SERVIÇO:
Curso de artesanato
Abertas as inscrições
Horário de atendimento: segunda a sexta das 9h00 às 17h00
Endereço: Rua Profº Cosme Deodato Tadeu, 136
Fonte: prefeitura.sp.gov.br


Postado por: BRartesanato às 09hs06




Cursos de cerâmica, desenho, artesanato e animação estão com inscrições abertas até dia 28. Inscrições são gratuitas e abertas a toda a comunidade  
Obrigatório nas escolas, o ensino de arte no Brasil é compreendido, desde a Lei de Diretrizes Básicas da Educação Nacional (LDB) de 1996, como uma ferramenta de expansão criativa e apreensão crítica do mundo. A partir desse marco legal, o curso de Licenciatura em Artes Visuais da Universidade de Brasília vem promovendo a formação superior de docentes que atuarão no contexto da Educação Básica.
Nesse sentido, estudantes dos ensinos fundamental e médio, bem como comunidade em geral, poderão participar de oficinas diversas ministradas por estagiários do curso de Artes Plásticas da UnB. Sob a supervisão da professora Rosana de Castro, as atividades ocorrerão no Centro Educacional Asa Norte (CEAN), de 28 de janeiro a 1º de fevereiro. As inscrições são gratuitas e prosseguem até dia 28 d...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs05




A Prefeitura de São Paulo anunciou na última quarta-feira, 23, um projeto de educação na área de economia criativa na zona leste da capital. Com o “São Paulo Criativa”, jovens vão receber cursos de software e hardware, em um programa com “o que há de mais moderno no mundo na área”, segundo o prefeito Fernando Haddad.
Em uma parceria entre as secretarias municipais do Trabalho e Empreendedorismo (SEMTE), Educação, subprefeituras e o Senac, o projeto deve beneficiar mais de 2 milhões de pessoas nas regiões de Cidade Tiradentes, São Mateus, Sapopemba, Itaquera, Guaianases e Itaim Paulista. De acordo com a SEMTE, a ideia é estimular o desenvolvimento de cadeias produtivas na zona leste da cidade e, posteriormente, nas demais regiões. A secretaria irá formular, coordenar e administrar o projeto. 
Serão oferecidas qualificações nas áreas de edição e impressão, informática, publicidade e propaganda, ligadas à economia cr...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 11hs16




O que é a Economia Criativa e como ela está no Brasil.
Semana que vem (dias 21 a 23 de janeiro) acontecerá a Semana Empreendedora de Verão, ciclo de palestras com os mais variados convidados e temas. Resolvi selecionar um dos temas que será tratado no evento para abordar nesse texto.
Desde quando entramos na era da informação fomos inundados com expressões e palavras que passamos a adotar sem entender bem o que significam, só porque ficam bonitas em discursos e palestras. ‘Globalização’, ‘inovação’, ‘empreendedorismo’ e ‘criatividade’ são alguns exemplos. Recentemente chegou ao Brasil a expressão “economia criativa”, muito por força dos mega eventos que acontecerão no país nos próximos anos.Na minha opinião, isso é ótimo para o país, digo essa inserção, essa troca, esse aprendizado; a minha única preocupação é que ao adotar essas expressões no nosso dia-a-dia façamos a tradução/adaptação errada - como é muito com...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 11hs15




Artesanato, culinária típica e música. A boa mistura de cores, sabores e ritmos dá o tom da Feira Baiana de Artesanato, promovida pelo Instituto Mauá, neste final de semana (26 e 27/01). A feira será instalada no Jardim dos Namorados, orla da Pituba, em Salvador.
Opção gratuita de lazer e para toda família, a Feira reúne 80 barracas, que comercializam peças variadas de decoração e utilidades do lar, além de bolsas e acessórios, bijuterias, roupas e brinquedos educativos. Um dos destaques é a cerâmica tradicional de municípios que são referência no Estado, como Irará, Barra, Rio Real e Maragogipinho.
Na praça de alimentação, o cardápio passeia por pratos e petiscos clássicos da mesa baiana, como sarapatel, carne do sol com pirão de aipim, arrumadinho de siri catado, beijus recheados, tortas e bolos. O espaço ainda abriga um palco, com apresentações de artistas locais.
A Feira Baiana de Artesanato segue até março, realizada em fina...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 11hs14




Criada em 1998 a partir da união de artistas moradores do distrito de Sousas, a feira Vila das Artes já se tornou um conhecido ponto turístico
A partir de fevereiro, a tradicional Feira de Arte e Artesanato do distrito de Sousas, a Vila das Artes, em Campinas, volta a realizar sua edições mensais, sempre no primeiro domingo de cada mês, na Praça Beira Rio, no centro do distrito.
Na edição do dia 3 de fevereiro, a primeira de 2013, haverá um workshop de pintura em tela para crianças a partir dos dois anos de idade. A artista plástica Bianca Gerbassi ensinará um pouco sobre pintura em geral para os interessados, que vão poder levar para casa o trabalho realizado. O workshop é gratuito, aberto ao público, e acontece durante todo o horário da feira, das 09h às 14h.
A barraca “Lembranças de Sousas” é outra aposta da Vila das Artes e reúne peças feitas pelos próprios expositores com a marca “Vila das Artes”. É nesta barraca ...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 11hs13




Encerrou-se no último sábado (19) o Curso de Biojóias oferecido pela Prefeitura Municipal de Rio Claro aos artesãos e empreendimentos interessados em agregar conhecimentos e renda aos seus negócios. O curso foi realizado pela Secretaria Municipal de Ação Social e Universidade Estadual Paulista - Unesp, por meio do Programa Municipal de Economia Solidária de Rio Claro. O curso foi desenvolvido em seis oficinas iniciadas em dezembro último. A atividade reuniu mais de 30 participantes, dentre os quais 17 já se uniram para a formação de uma cooperativa. 
Carlos Da Mata, artesão especializado em biojóias, veio de São Paulo para ministrar as aulas, levando nos participantes conceitos de trabalho em grupo, solidariedade, preço justo, respeito à natureza e desejo de produzir adornos com materiais vivos que ela nos oferece, como cipó, sementes, cascas de coco, dentre outros.
Segundo o professor, a finalidade do curso é atender ao interesse dos pequen...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 11hs36




ARACAJU - O estande da Economia Criativa, com foco no empreendedorismo cultural, conta com artesanato, bordado, peças com palha, cerâmica, entre outros...
ARACAJU - Um dos locais que mais chama a atenção dos visitantes na Feira de Sergipe é o estande da Economia Criativa, projeto desenvolvido pelo Sebrae no Estado, com foco no empreendedorismo cultural. No espaço é possível encontrar todo tipo de artesanato, como bordados em renda irlandesa e ponto cruz, ponto patchwork, crochê, peças feitas com palha, cerâmica, madeira, porcelana fria, cabaças, tecidos, mandalas, óleo sobre tela, além de suvenires em geral.
Segundo Katia dos Anjos, colaboradora do Sebrae em Sergipe e coordenadora do estande, são mais de nove mil peças expostas no espaço, que representam o trabalho de 250 artesãos de nove associações. “Este ano temos algumas novidades, como a exposição de selas feitas por artesãos de Lagarto, o trabalho em patchwork do povoado Pedra Branca e ...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 11hs36




Em São Miguel do Gostoso circulam notas de 0,50, 1, 2, 5 e 10 gostosos.
Iniciativa pioneira no estado nasceu de projeto desenvolvido pela UFBA.
 “Está totalmente proibida a troca ou negociação desta moeda social por dinheiro. Ela só poderá ser utilizada como meio de bonificação, na aquisição de mercadorias, por serviços, com comércio ou pessoas conveniadas ao Banco Solidário de Gostoso”. As normas de utilização estão imprensas em cada uma das centenas de notas de 50 centavos, 1, 2, 5 e 10 gostosos, cédulas que circulam há um mês no comércio de  São Miguel do Gostoso, que fica a 112 quilômetros de Natal.
O município foi o primeiro do Rio Grande do Norte a aderir a um projeto desenvolvido pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e, conseqüentemente, pioneiro a utilizar uma moeda própria como incentivo à economia local. “Nossa moeda tem valor agregado. A idéia é que os lojistas do município usem este dinhei...

saiba mais

Postado por: Ted Machado às 10hs28




Curso será oferecido gratuitamente amanhã em Hortolândia; interessados podem comercializar o produto confeccionado na Feira de Economia Solidária
A Prefeitura de Hortolândia, por meio do Centro Público de Economia Solidária, promove nesta terça-feira (22) uma oficina de artesanato com a técnica de decoupage em caixas de madeira (MDF). Ministrada pela coordenadora do Centro Público e artesã Eliana Corges Conus, o curso será oferecido entre 13h30 e 16h30.
A capacitação é gratuita e aberta ao público em geral que more na cidade. No dia da oficina, é preciso levar uma caixa de madeira (MDF) pequena ou média e um pincel chato de número 16 ou equivalente.
Para participar é necessário realizar inscrição até hoje pelo telefone 3909-4895 ou pessoalmente no Centro Público de Economia Solidária, localizado na Rua João Mendes, 254, no Parque Ortolândia, em frente à praça do Parque Socioambiental Chico Mendes. Há 20 vagas disponíveis e, caso h...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 10hs25




Entrando na última semana de realização, o Salão de Artesanato da Paraíba já supera R$ 1 milhão em vendas. Mais de 68 mil pessoas já visitaram os estandes, consolidando o sucesso do evento. O último balanço do Programa de Artesanato da Paraíba (PAP) aponta a tipologia fios como a campeã no ranking de negócios, com mais de cinco mil peças vendidas, resultando em R$ 150 mil.
A tipologia madeira aparece em segundo lugar no gosto dos compradores, arrecadando R$ 113 mil na venda de mais de três mil produtos. As peças em algodão colorido também estão no topo das vendas, com 3.928 peças comercializadas, o que gerou até agora um montante de R$ 69 mil em negócios.
As vendas arrecadadas nos estandes de habilidade manual e gastronomia também se destacam, apesar de não serem considerados como artesanato, o PAP acolhe e garante também a divulgação desses tipos de produtos em todas as edições do Salão de Artesanato. Os quitutes e delícias ...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 10hs23




De olho nas oportunidades de negócio geradas pelos 12 mil visitantes que devem movimentar o Maciço de Baturité durante o Festival de Jazz e Blues, no Carnaval, a cidade de Guaramiranga sedia a III Mostra de Artesanato do Município, de 9 a 12 de fevereiro. Apresentando a produção artesanal dos municípios de Baturité, Guaramiranga, Redenção e Pacoti, o evento vai reunir peças características da região, como bordado, peças em fibra (palha de bananeira, taboa, o cipó e Bambu). O Maciço de Baturité reúne mais de 150 artesãos cadastrados.
A feira integra a cadeia produtiva do artesanato, que tem grande expressividade na região, fortalecendo a comercialização dos grupos que vem sendo assistidos pelo Sebrae no Ceará, e que são beneficiados com ações de capacitação, consultorias tecnológicas e gerenciais, além de ações de acesso a mercado. 
O resultado desse trabalho realizado pelo Sebrae tem ajudado a projetar o trabalho dos artesãos. ...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 10hs22




Durante três dias, Penedo mostrou a sua arte popular na 7ª edição da Feira dos Municípios Alagoanos. No stand montado no Centro de Convenções Ruth Cardoso, no bairro de Jaraguá, em Maceió, o público pode apreciar os trabalhos produzidos em palha, pelos moradores do povoado Marituba do Peixe. Também esteve presente, o artesanato da Casa da Amizade, com suas rendas e delicadas miniaturas das fachadas dos prédios históricos de Penedo. Além do famosíssimo Biscoito Delícia.
 Para o secretário de Cultura e Turismo, Jorge Seixas, a feira é um momento muito oportuno para mostrar o potencial econômico e turístico de Penedo. “O evento foi muito positivo para nossa cidade. De sexta-feira (18) que foi a abertura oficial, até o domingo (20), o último dia do evento, o nosso stand atraiu muitos visitantes. A feira é uma ótima oportunidade de levar ao público as nossas belezas, o nosso potencial turístico e econômico”, comemorou o secretário.
&nbs...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 10hs21




Quem visita a Feira de Sergipe tem a oportunidade de conhecer a beleza e a diversidade do artesanato produzido no Estado. Na arena montada na Praça de Eventos da Orla de Atalaia, mais de 190 profissionais expõem seus trabalhos durante os 13 dias de evento. Da tradicional renda irlandesa aos bordados e peças confeccionadas com palhas, os diferentes tipos de produtos encantam o público que circula pelo evento.
Criada na França e inspirada nas peças de Veneza, na Itália, a renda irlandesa chegou a Sergipe graças à dona Ana Rollemberg. A técnica foi disseminada junto a algumas mulheres ao longo dos anos até ser ensinada às senhoras Marocas, Ercília e Sinhá. As três, que nasceram em Divina Pastora, ensinaram o ofício a quase todas as artesãs da cidade. Hoje, cerca de 80 profissionais se dedicam à atividade.
Com o tempo, os produtos foram adquirindo características únicas e alcançando o reconhecimento do público. Em 2008 o modo de fazer a renda foi con...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 10hs21




A tradicional Feira de Artesanato da Freguesia do Ó está com inscrições abertas para artesãos interessados em expor e comercializar seus produtos na feira.
A Subprefeitura Freguesia/Brasilândia está com inscrições abertas para novos artesãos na Feira de Artes da Freguesia do Ó.  Os interessados devem comparecer à Casa de Cultura Salvador Ligabue,  no Largo da Matriz, 215, nos dias 22, 23 e 24 de janeiro,  das 9h às 12h, com documentos pessoais (CPF, RG) e comprovante de endereço.
A tradicional Feira de Artesanato da Freguesia do Ó foi instalada em 2009, e desde então revelou grandes artistas da região. Ela funciona sempre aos domingos, das 9h às 17h. Esta é mais uma opção de lazer diferenciada para os frequentadores do Largo da Matriz. Ao todo são 19 expositores das mais variadas artes e culturas.
A feira conta com barracas de peças exclusivas de artesanato, como esculturas, quadros, objetos de decoração, presentes entre ...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 10hs20




Festival de Jazz e Blues, no Maciço de Baturité, reúne artesãos de toda a região
Fortaleza - De olho nas oportunidades de negócio geradas pelos 12 mil visitantes que devem movimentar o Maciço de Baturité durante o Festival de Jazz e Blues, no Carnaval, a cidade de Guaramiranga sedia a III Mostra de Artesanato do Município, de 9 a 12 de fevereiro. Apresentando a produção artesanal dos municípios de Baturité, Guaramiranga, Redenção e Pacoti, o evento vai reunir peças características da região, como bordado, peças em fibra (palha de bananeira, taboa, o cipó e Bambu). O Maciço de Baturité reúne mais de 150 artesãos cadastrados.
A feira integra a cadeia produtiva do artesanato, que tem grande expressividade na região, fortalecendo a comercialização dos grupos que vem sendo assistidos pelo Sebrae no Ceará, e que são beneficiados com ações de capacitação, consultorias tecnológicas e gerenciais, além de ações de acesso a mercad...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 10hs19




A Associação de Pacatuba, que participa da Feira de Sergipe, produz pufes, bolsas e carteiras a partir do material
Bruno Leonel
Aracaju - Pufes, baldes, bolsas, carteiras, porta-moedas - são vários os tipos de peças feitas com a palha da taboa, que impressionam pela qualidade e acabamento. Os produtos são confeccionados pelos integrantes da Associação de Artesanato e Apicultura dos Povoados Tigre e Junça, em Pacatuba (SE). Os artesãos participam de mais uma edição da Feira de Sergipe, que segue até o dia 27, na capital. O evento destaca grupos folclóricos, artistas da terra, comidas típicas e pequenos negócios.
“Já temos uma década de Feira de Sergipe e aproveitamos o evento para divulgar nossos produtos, firmar novas parcerias comerciais e realizar negócios. A feira praticamente garante trabalho para o ano todo, pois várias encomendas acabam sendo geradas aqui”, explica Gleice Gerline Lima Santos, uma das integrantes da Associaç...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 10hs17




Curso será oferecido gratuitamente amanhã em Hortolândia; interessados podem comercializar o produto confeccionado na Feira de Economia Solidária
A Prefeitura de Hortolândia, por meio do Centro Público de Economia Solidária, promove nesta terça-feira (22) uma oficina de artesanato com a técnica de decoupage em caixas de madeira (MDF). Ministrada pela coordenadora do Centro Público e artesã Eliana Corges Conus, o curso será oferecido entre 13h30 e 16h30.
A capacitação é gratuita e aberta ao público em geral que more na cidade. No dia da oficina, é preciso levar uma caixa de madeira (MDF) pequena ou média e um pincel chato de número 16 ou equivalente.
Para participar é necessário realizar inscrição até hoje pelo telefone 3909-4895 ou pessoalmente no Centro Público de Economia Solidária, localizado na Rua João Mendes, 254, no Parque Ortolândia, em frente à praça do Parque Socioambiental Chico Mendes. Há 20 vagas disponíveis e, caso h...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 10hs16




O Centro de Apoio à Criança e ao Adolescente (Cendac), em parceria com o Fundo Estadual de Combate e Erradicação à Pobreza (Funcep), abriu nesta quarta-feira (16) as inscrições para os cursos de artesanato e cabeleireiro nas comunidades do Ernani Sátiro, Rangel e São José, em João Pessoa.
Serão disponibilizadas 20 vagas para cada turma e as inscrições poderão ser efetuadas até o próximo dia 22. Os cursos terão início no dia 28 deste mês, no horário das 14h às 17h. Os locais de inscrições, os mesmos onde acontecem os cursos, são o Clube de Mães do Ernani Sátiro, Centro Social Urbano do Rangel e Associação de Moradores do bairro São José.
O curso de artesanato será oferecido nas três comunidades, onde os alunos poderão aprender a fazer cartões de festas, caixas decorativas em MDF, pintura em tecido e vidros. Além disso, no bairro São José será oferecido o curso de cabeleireiro com ênfase em corte e escova.
De acordo com a coor...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 10hs16




De 2005 a 2012 mais de 169 mil produtos foram comercializados
Referência nacional, o artesanato mato-grossense continua em crescimento. No período entre 2005 e 2012, mais de 169 mil produtos artesanais foram comercializados em eventos realizados pela Secretaria de Estado de Indústria, Comércio, Minas e Energia (Sicme) em parceria com o Programa Artesanato em Mato Grosso (PAB/MT). O avanço da atividade ocorreu no mesmo momento em que os trabalhadores da área começaram a se profissionalizar, investir em qualificação e na internacionalização de seus produtos, impulsionados pelo aquecimento do mercado pelo fato do Brasil ser sede da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016.
O Estado tem atualmente entre 13 e 16 mil artesãos e trabalhadores manuais, segundo diagnósticos feitos pela Sicme. Destes, 4.779 artesãos e 287 trabalhadores manuais estão inseridos no Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro (Sicab), que reúne dados dos tr...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs51




Participantes que queiram vender peças na Feira da Economia Solidária podem se cadastrar como empreendedores
Se você gosta de artesanato e quer aprender a decorar caixas de madeira, fique atento a esta oportunidade. O Centro Público de Economia Solidária, órgão da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social da Prefeitura de Hortolândia, promove uma oficina de artesanato, utilizando a técnica de decoupage em caixas de MDF, na terça-feira (22/01). 
A capacitação é gratuita e está aberta ao público em geral, desde que morador da cidade. No dia da oficina, cada inscrito deverá trazer de casa uma caixa de madeira (MDF) pequena ou média e um pincel chato de número 16 ou equivalente. O aluno poderá levar este material embora, após a aula. 
Como se inscrever
Há 20 vagas disponíveis. Os interessados podem se inscrever até o dia 21 deste mês pelo telefone 3909-4895 ou pessoalmente, no Centro Público de Economia Solidária...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs50




Após reunião realizada entre produtores da agricultura familiar e os artesões de Quatro Pontes, muitos projetos estão sendo preparados para 2013.
O grupo de artesões de Quatro Pontes conta com aproximadamente 15 sócios que disponibilizam para venda a comunidade produtos como: tapetes, sabonetes, bolsas, caixas de presentes e bombonas feitas por meio de decoupagem, caixinhas de presentes, panos de prato, toalhas, placas, dentre outros. Para os associados esta é uma fonte positiva de renda, além de ser um meio de trabalho prazeroso.
A sócia da casa do artesão de Quatro Pontes, Nelli Dreier, conta que as pessoas interessadas em aprender o artesanato, podem procurar a casa do artesão e fazerem as suas inscrições para o curso que irá acontecer dentro dos próximo dias e que ainda será divulgada a data e horário.
Nelli ressaltou que a casa do artesão está aberta à toda comunidade que deseja visitar ou se associar.
A casa do artesão de Quatro Ponte...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs49




A Associação de Pacatuba, que participa da Feira de Sergipe, produz pufes, bolsas e carteiras a partir do material
Da Agência Sebrae de Notícias
Pufes, baldes, bolsas, carteiras, porta-moedas - são vários os tipos de peças feitas com a palha da taboa, que impressionam pela qualidade e acabamento. Os produtos são confeccionados pelos integrantes da Associação de Artesanato e Apicultura dos Povoados Tigre e Junça, em Pacatuba (SE). Os artesãos participam de mais uma edição da Feira de Sergipe, que segue até o dia 27, na capital. O evento destaca grupos folclóricos, artistas da terra, comidas típicas e pequenos negócios. 
“Já temos uma década de Feira de Sergipe e aproveitamos o evento para divulgar nossos produtos, firmar novas parcerias comerciais e realizar negócios. A feira praticamente garante trabalho para o ano todo, pois várias encomendas acabam sendo geradas aqui”, explica Gleice Gerline Lima Santos, uma das integran...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs48




A feira de culinária e artesanato “Delícias do Porto” é uma boa opção de lazer para as sextas-feiras na capital baiana. Promovida pelo Instituto Mauá no Porto da Barra, uma das praias mais bonitas da cidade, “Delícias” reúne o melhor da culinária baiana, além do legítimo artesanato produzido no Estado. O pôr do sol mais disputado da capital baiana é o pano de fundo para o evento.
Todas as sextas-feiras, a partir das 15 até as 22h, as barracas ocupam o Largo do Porto da Barra. No cardápio, pratos tradicionais como feijoada e caruru aguçam o paladar dos soteropolitanos e turistas. O menu ainda traz petiscos como beijus recheados, arrumadinho de siri catado, carne do sol com pirão de aipim e o clássico acarajé.
Entre as opções de artesanato, bolsas trançadas, batas bordados à mão, bijuterias de pedras e sementes, acessórios de crochê, bonecas de cabaça, esculturas, reciclagem e as típicas “lembranças da Bahia”. E, para garantir a...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs47




A agricultura familiar e os artesões de Quatro Pontes realizaram uma reunião neste ano e ficou decidido desde então, que ambas as assistências estariam colocando à disposição dos munícipes, os seus trabalhos produzidos e confeccionados.
Hoje o grupo de artesões de Quatro Pontes conta com aproximadamente 15 sócios que disponibilizam para venda a comunidade produtos como: tapetes, sabonetes, bolsas, caixas de presentes e bombonas feitas por meio de decoupagem, caixinhas de presentes, panos de prato, toalhas, placas, dentre outros. Para os associados esta é uma fonte positiva de renda, além de ser um meio de trabalho prazeroso.
A sócia da casa do artesão de Quatro Pontes Nelli Dreier conta que as pessoas interessadas em aprender esta arte do mundo do artesanato, podem procurar a casa do artesão e fazerem as suas inscrições para o curso que irá acontecer dentro dos próximo dias e que ainda será divulgada a data e horário. 
 Da Assessoria<...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs47




O Gabinete de Gestão da Mineração da Secretaria de Estado de Indústria e Comércio está oferecendo 60 vagas para os cursos de Lapidação e de Artesanato Mineral. São 40 vagas para Goiânia, sendo 20 para cada curso, divididas entre os períodos matutino e vespertino. Para Anápolis, estão reservadas 20 vagas no curso de Lapidação.
Os cursos são gratuitos e contam com carga horária de 320 horas/aula. As inscrições estarão abertas a partir do dia 21/01 e vão até 28/02/2013. Para se inscrever, o candidato deve ter idade mínima de 16 anos e se apresentar com a Carteira de Identidade, CPF e uma foto 3x4.
As aulas estão previstas para começar em março com encerramento para o fim do mês de junho. O critério para preenchimento das vagas será a ordem das inscrições.

CURSOS GRATUITOS
Goiânia
Artesanato Mineral Lapidação
10 Vagas para o período matutino 10 Vagas para o período matutino
10 Vagas para o período vesperti...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs46




Baseados no modelo incentivado pelo Ministério do Trabalho, adeptos palhocenses pedem apoio para participar de licitações
Texto: Maria Júlia Manzi 
Nem só de pães, bolachas, queijos caseiros e produtos orgânicos se faz a Economia Solidária em Palhoça. Além da feira semanal que acontece todas as quartas-feiras no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Palhoça, no centro da cidade, outro espaço promove, diariamente, o movimento social no Município: a loja de artesanato Recanto das Artes. 
Localizado em um quiosque na Praça Sete de Setembro desde 2006, o local é cedido pela Prefeitura para seis mulheres que, usando os princípios da Economia Solidária, têm no artesanato um complemento para a renda mensal. “O lucro mensal de cada artesã varia muito, mas fica em torno dos R$ 500. Algumas chegam a lucrar até R$ 1,2 mil por mês”, explica Inês Terezinha Guarnieri, estudante de Serviço Social.
Os adeptos da Economia Solidária pre...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 11hs21




O artesanato do filé do Pontal da Barra, as luminárias de cipó e os
bumba-meu-boi serão algumas das atrações do "stand" da Prefeitura de Maceió na VII Feira de Negócios dos Municípios, promovida pela Associação dos Municípios Alagoanos (AMA).
A feira começa nesta quinta-feira (17), às 17h30, e prossegue até domingo (20) no Centro de Convenções Ruth Cardoso, das 15h às 22h. A entrada é gratuita. A finalidade é divulgar as potencialidades culturais do Estado.
O artesanato produzido em Maceió pelos associados do Instituto Salve as Águas, Mercado do Artesanato, Associação das Rendeiras do Pontal da Barra e Guerreiros de Alagoas vão marcar presença no "stand" montado pela Prefeitura de Maceió.
Para a secretária Municipal de Promoção do Turismo (Semptur), Claudia Pessôa, a feira da AMA já faz parte do calendário turístico de Maceió.
“Além de divulgar a nossa cultura, artesanato e gastronomia para os turistas ...

saiba mais

Postado por: Ted Machado às 20hs57




Ascom/Secretaria de Defesa Social - MG
Produtos feitos por presos da penitenciária Ariosvaldo Campos Pires, de Juiz de Fora/MG, estão ganhando fama internacional. Detentos da unidade – que abriga pessoas que cumprem pena em regime fechado e semiaberto, além de presos provisórios – trabalham na produção de peças em tricô e crochê, parte delas assinadas pela estilista mineira Raquel Guimarães. Os produtos já foram vendidos em 70 lojas multimarcas no Brasil, além de Nova Iorque e Tóquio.
Em Paris, exatamente na Place Vendôme, lugar mais badalado da moda mundial, já foi inaugurado um show room permanente das peças produzidas pelos homens que cumprem pena na penitenciária de Juiz de Fora. O projeto funciona no presídio desde 2009 e tem contribuído para a reintegração dos detentos no mercado de trabalho. Projetos dessa natureza são fomentados pelo programa Começar de Novo, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), como forma de g...

saiba mais

Postado por: Ted Machado às 20hs56




Segmentos esperam divulgar seus produtos e garantir boas vendas no evento, que terá início nesta quinta-feira (17), no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso
Agência Sebrae
Entre os dias 17 e 20 de janeiro, Maceió será palco da sétima edição da Feira de Negócios dos Municípios Alagoanos, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso. O evento, que tem a cultura como principal atração, com o tema “Vida pela Arte”, terá como foco a produtividade do estado em diversos setores, como o gastronômico e o de moda, comprovando a influência dessas atividades para a geração de renda e o desenvolvimento de Alagoas.
A feira contará com um estande do Sebrae, onde irá reunir 10 empresas de artesanato,apoiadas pela Unidade de Atendimento Coletivo Turismo, Artesanato e Cultura, além de seis peças produzidas por empresárias da Cadeia Produtiva Têxtil e de Confecções em Alagoas (CPTC). Esse grupo recebe o incentivo da Federação das Indú...

saiba mais

Postado por: Ted Machado às 20hs54




No período entre 2005 e 2012, mais de 169 mil produtos artesanais foram comercializados em eventos realizados pela Sicme em parceria com o Programa Artesanato em Mato Grosso (PAB/MT).
Referência nacional, o artesanato mato-grossense continua em crescimento. No período entre 2005 e 2012, mais de 169 mil produtos artesanais foram comercializados em eventos realizados pela Secretaria de Estado de Indústria, Comércio, Minas e Energia (Sicme) em parceria com o Programa Artesanato em Mato Grosso (PAB/MT). O avanço da atividade ocorreu no mesmo momento em que os trabalhadores da área começaram a se profissionalizar, investir em qualificação e na internacionalização de seus produtos, impulsionados pelo aquecimento do mercado pelo fato do Brasil ser sede da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016.
O Estado tem atualmente entre 13 e 16 mil artesãos e trabalhadores manuais, segundo diagnósticos feitos pela Sicme. Destes, 4.779 artesãos e 287 trabalhadores ...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 20hs53




Comunidade da Baía dos Castelhanos promove exposição de artesanato caiçara em Ilhabela
As peças artesanais produzidas nas comunidades tradicionais da Baía de Castelhanos, em Ilhabela, integram uma exposição na própria Praia dos Castelhanos, ao lado do Marebar. A mostra será aberta às 19h deste sábado (12/01) e prossegue até o final da temporada de verão.
A exposição faz parte do Projeto “Mãos Caiçaras”, realizado pelo Azimuth Ponto de Cultura e Sustentabilidade com o apoio da Prefeitura e do Parque Estadual de Ilhabela no contexto do convênio entre a Associação Elementos da Natureza, a Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo e o Ministério da Cultura, por meio do Programa Cultura Viva – Pontos de Cultura.
A ação vem sendo realizada desde maio do ano passado e promove e incentiva o artesanato das comunidades tradicionais caiçaras, “respeitando os saberes e fazeres tradicionais, o uso sustentável dos recursos naturais, de forma ...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 20hs52




Ter um comércio justo faz parte dos objetivos do milênio
O Objetivo 8 dos ODM’s* trata do trabalho conjunto de países e organizações internacionais para aliviar a pobreza. O objetivo inclui o desenvolvimento de políticas mais justas entre os países ricos e os países pobres, a redução da dívida pública dos países pobres e o aumento do acesso mundial às tecnologias de comunicação e aos medicamentos.
Objetivo 8 #ODM: Estabelecer uma parceria global para o desenvolvimento
 
Os alvos estão voltados para os governos do Hemisfério Norte. Um dos alvos é desenvolver um sistema comercial que trate as pessoas de forma justa.
Comércio justo
Nos últimos dez anos, mais e mais consumidores do Hemisfério Norte começaram a apoiar o movimento do comércio justo. O comércio justo ga...

saiba mais

Postado por: Ted Machado às 14hs02



Páginas 1 | 2 | Próxima
Histórico





 
Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro
  , / . Bairro - - - faleconosco@brartesanato.com