Br Artesanato
Cadastre-se
Entrar
 
HOME
 
 

Lojas


Quem somos

Ações do Bem

Notícias

Canal BRartesanato

Política de Uso

No BRartesanato artesão não paga

Notícias

 





Evento promove o encontro desses profissionais com empresários locais e de fora do estado
Quem expor trabalhos na I Feira Estadual do Artesanato Paraense poderá aprender como formalizar a atividade. Técnicos do Sebrae no Pará estarão no evento, realizado pelo governo do estado até domingo (12), para orientar os profissionais na obtenção do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).
Artesão é uma das atividades aceitas como Empreendedor Individual (EI). A categoria integra profissionais por conta própria que faturam até R$ 60 mil por ano. O registro é gratuito e feito peloPortal do Empreendedor. Com a adesão, o novo empresário poderá emitir nota fiscal, o que permite participar de licitações públicas e vender para grandes empresas. Com custo reduzido, os EI têm cobertura previdenciária, com direito a auxílio-doença e aposentadoria.
"Ao se formalizar, os empreendedores dão um passo importante para o crescimento de seus negócios, pois tamb...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs50




Além do reconhecimento nacional, as peças utilitárias produzidas no Complexo Serra da Capivara são vendidas na Europa e EUA.
O artesanato produzido no Complexo Comercial Serra da Capivara tem se consolidado como cartão de visitas do Piauí na Europa e na América do Norte. Semestralmente, os produtos utilitários são exportados para países como Itália, Espanha e Estados Unidos.
Nacionalmente, os produtos produzidos pelos cerca de 40 artesãos na Cerâmica Serra da Capivara são comercializadas em lojas de decoração de grande repercussão, como a Tok Stok, Pão de Açúcar e Etna Móveis e Decoração.
“Nossos produtos utilitários e decorativos são os que mais saem e tem encantado pessoas em diversas partes do mundo”, disse Girleide Oliveira, gerente Administrativa do Complexo Comercial da Serra da Capivara.
Os moradores da área de reserva trabalham não apenas na fabricação das peças de cerâmica. O albergue, a cantina e o ateliê de cost...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs49




Uma história de resgate cultural que começou há mais de uma década e atraiu a atenção de moradores de Latronico para o artesanato alagoano
Lenilda Luna – jornalista
Quando as arquitetas Josemary Ferrare e Adriana Guimarães iniciaram o projeto de resgate do Bico Singeleza tiveram como principal preocupação a preservação de um patrimônio cultural que estava se perdendo. Em 1994, Josemary ouviu dona Marinita, durante uma entrevista. A artesã estava com mais de 80 anos, morava sozinha, não tinha filhas e não tinha repassado o conhecimento do ponto para ninguém. "Naquele dia, dona Marinita disse que aquele saber ia se perder com ela, porque ninguém tinha se interessado em aprender. Isso ecoou no meu coração. Eu pensei que não podíamos deixar aquela arte se extinguir", contou Josemary.
 
A partir dessa entrevista, Josemary procurou parcerias para resgatar o bico Singeleza. Foram muitas etapas desde então. A primeira missão foi tentar leva...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs48



Histórico





 
Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro
  , / . Bairro - - - faleconosco@brartesanato.com