Br Artesanato
Cadastre-se
Entrar
 
HOME
 
 

Lojas


Quem somos

Ações do Bem

Notícias

Canal BRartesanato

Política de Uso

No BRartesanato artesão não paga

Notícias

 





A Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Agência Municipal de Desenvolvimento, Trabalho e Renda/ADTR, iniciou, na tarde desta segunda-feira, 9,  o primeiro módulo do projeto Escola de Artesanato na comunidade de Veredinha. 
Até o mês de maio, 22 alunas estarão participando dos cursos de Pacth Apliquê, Bijuterias e Biscuit. A atividade conta com 30 horas e aborda, além das técnicas artesanais, temas como economia solidária e suas possibilidades para os pequenos empreendedores do município.
Segundo o coordenador de Economia Solidária, Geovane Viana, essas ações vêm sendo desenvolvidas desde 2012. “Já foram mais de 500 alunos treinados e muitos deles já estão comercializando em suas comunidades. A aceitação tem sido muito boa e a demanda tem crescido a cada dia”, completou.
por: Secom - PMVC
Fonte: Prefeitura Vitoria da Conquista


Postado por: BRartesanato às 09hs18




A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Turismo e do Agronegócio (Sedesc) lançou, dia 30 de março, edital com 50 vagas para as quatro incubadoras que trabalham em setores distintos: a Incubadora Norman Edward Hanson atua no setor de alimentos, Incubadora Zé Pereira (artesanato e outros), Incubadora Mário Covas (Confecção Têxtil e outros) e Incubadora Francisco Giordano Neto (Confecção em couro e outros).
De acordo com o diretor de Fomento a Indústria, Comércio e Serviço da Sedesc, Sebastião Rogado, está sendo feito um trabalho de prospecção no entorno das incubadoras, além do agendamento de diversas palestras para divulgar o trabalho realizado nas unidades. “Estamos com uma expectativa bastante positiva sobre o preenchimento das 50 vagas, devido à variedade de segmentos das incubadoras. As gerentes das quatro unidades já estão realizando trabalho de prospecção nos bairros e serão realizadas palestras em toda...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs17




Marca mineira mostra ponchos e vestidos denoite feitos com projeto de inclusão social
Fortaleza - Ter um trabalho  autoral e usar técnicas artesanais são as principais características de quem participa do Dragão Fashion, a semana de moda que se realiza anualmente em Fortaleza. Raquell Gonçalves superou estas especificações, já que faz vestidos, suéteres, casacos e echarpes de tricô com as mãos de presos de uma penitenciária de Minas Gerais. Antes do desfile da sua marca, a Doiselles, foi exibido um filme que mostrou os homens em pleno trabalho, as mãos masculinas produzindo os pontos largos com agulhas grossas. O resultado, visto na passarela, mostrou a beleza do esforço dos homens, que deram depoimentos falando que é difícil dominar as técnicas do tricô, mas para eles significa além da redução de penas, uma oportunidade de trabalho honesto fora das grades.
Raquell Gonçalves encantou a platéia pela história da coleção e a eleg...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs14




Espaço na mostra Morar Mais é dedicado exclusivamente à produção artesanal do estado
Arianny Dias
Goiânia – Pela primeira vez, a mostra Morar Mais – Goiás tem um espaço dedicado exclusivamente ao artesanato. O ambiente, chamado de Empório Sebrae, expõe peças de artesãos de 14 municípios goianos, que participam de programas de capacitação do Sebrae em Goiás. A exposição começou no início do mês e segue até o dia 13 de maio.
O gestor do projeto de Artesanato Metropolitano do Sebrae no estado, Marco Antônio de Mello e Cunha, afirma que o evento, além de servir como uma vitrine para o trabalho dos artesãos, proporciona contato com designers, arquitetos e paisagistas. Ele acrescenta ainda que o ambiente pretende disseminar a ideia de que os produtos artesanais de Goiânia também estão alinhados com as tendências de moda para casa.
O Empório Sebrae foi concebido pelas designers Carol Baiolone, Simone Guimarães...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs13




Quem passa aos sábados pelas bancas de artesanato da praça Nereu Ramos observa, em uma delas, uma série de bonecas estilizadas com as cores e uniformes dos mais conhecidos times de futebol do Brasil. Desnecessário dizer que a campeã das preferências é a mascote com a marca do Criciúma.
"Eu estava em Curitiba e vi uma bonequinha assim, trouxe o modelo para a minha mulher, ela começou a trabalhar e a fazer em série. É um bom produto, com ótima procura", conta Moacir Barcelos. Quem coloca a mão no trabalho é a artesã Adriana Barcelos, uma autodidata do artesanato.
"Comecei a fazer por conta própria, hoje eu levo duas horas para fazer uma bonequinha dessa, é tudo feito a mão", revela Adriana. Moacir tem a ideia, inclusive, de levar a bonequinha do Criciúma para o clube analisar e incluir na sua linha de produtos. As maiores são vendidas por até R$ 35, e as menores por R$ 15. Há também as que usam uniformes de Flamengo, São Paulo, Vasco, Corinthian...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs12




Há no Brasil pelo menos 8,5 milhões de artesãos, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), sendo que 87% são mulheres. Na 6ª Feira Internacional de Negócios do Artesanato, que começou nesta sexta-feira (13) e prossegue até o dia 22, em Brasília, esses números se comprovam na prática. Muitos dos artistas revelam ainda que desenvolveram suas habilidades seguindo a tradição familiar.
Feira começou nesta sexta e vai até o dia 22 de maio
No total, 450 expositores nacionais e internacionais estão em Brasília para mostrar a diversidade do que é produzido em artesanato. Os organizadores da feira informaram que o objetivo é também estimular os negócios no setor. Só em 2011, na quinta edição do evento, foram movimentados R$ 147 mil em vendas diretas e R$ 3 milhões em negócios a longo prazo.
Na feira, os artesãos se orgulham da história de vida e da tradição do trabalho que fazem. A presidenta da Associação de Artesãs...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs11




O patchwork está ganhando as passarelas nacionais, a técnica que une retalhos tem sido usada em várias culturas para montar peças de cama ou mesa, mas agora ganham novas formas com os estilistas de moda.
As passarelas estão reinventando o patchwork, trazendo novas texturas, profundidades e detalhes de design em peças do guarda-roupa. Este é o tema da Feira Internacional de Artesanato deste ano que traz “O mundo em Patchwork” que começou dia 13 e segue até dia 22 de abril trazendo para seus visitantes um desfile incrível com as melhores tendências para o verão 2012. As peças confeccionadas pela Ong Paranoarte reúne dezenas de mulheres carentes que por meio do artesanato melhoram a renda de suas famílias.
A estilista Helenice Figueiredo, que também é coordenadora do evento afirma que a moda artesanal é uma forte tendência para esse verão e deve invadir as lojas. “O verão 2012 exalta o artesanal, nas passarelas nacionais conferimos muitas téc...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 09hs11



Histórico





 
Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro
  , / . Bairro - - - faleconosco@brartesanato.com