Br Artesanato
Cadastre-se
Entrar
 
HOME
 
 

Lojas


Quem somos

Ações do Bem

Notícias

Canal BRartesanato

Política de Uso

No BRartesanato artesão não paga

Notícias

 





Oferecer ao público, principalmente a crianças e jovens, a oportunidade de ver de perto as técnicas e a diversidade de materiais utilizados pelos artesãos paraenses, é um dos objetivos do projeto “Os Mestres Artesãos no Coliseu das Artes”, que o Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama) começa a implementar a partir deste domingo (18), no Espaço São José Liberto.
O projeto, elaborado a partir da última Semana do Artesão, ocorrida em março de 2011, prevê em um domingo de cada mês a realização de oficinas de demonstração dos modos de fazer dos artesãos, a fim de divulgar e valorizar o trabalho de criação e a destreza desses profissionais. “Nosso objetivo maior é trazer o conhecimento dos nossos mestres artesãos para próximo do público, proporcionando esse contato direto e a possibilidade de o próprio artesão apresentar seus produtos aos clientes e comercializá-los”, informa a diretora executiva do Igama, Rosa Helena Neves, acresc...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 19hs40




A nova edição da Feira Cultural “Mulheres em Ação no Artesanato da Baixada Cuiabana” aconteceu nesta sexta (16) na Praça Alencastro, no Centro de Cuiabá.
São expostos produtos do artesanato cuiabano confeccionados em madeira, metal, biscuit, jornal, produtos recicláveis, fibra, argila, algodão com o objetivo de comercializá-los. Além dos artesanatos, também são comercializados quitutes e pratos típicos da região, como ‘Maria izabel’, farofa de banana e paçoca de pilão.
Idealizadora e coordenadora da feira, Andréia Dias da Silva conta que o evento tem cadastradas cem mulheres de diversos bairros de Cuiabá, um número que fortalece o trabalho das artesãs e gerando renda e entretenimento.  
"O projeto Mulheres em Ação no Artesanato da Baixada Cuiabana faz com que elas se preparem para a Copa 2014, afinal, Cuiabá vai se comunicar com o mundo inteiro, e nada melhor do que nossas artesãs para auxiliar na representação dos dotes a...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 19hs39




A Fundação de Cultura do governo do Estado, em parceria com o Sebrae/MS e a prefeitura de Iguatemi,  realiza de 21 a 23 de setembro a Oficina de Formação de Preço, Venda e Técnicas de Atendimento. O curso gratuito faz parte do projeto Artesania e acontece na Avenida Laudelino Peixoto, 871, Centro. 
Ministrado por Mauro de Freitas, o curso acontece das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30, totalizando 24 horas/aula. A turma terá capacidade para 30 alunos. O objetivo é capacitar os artesãos do município na composição de custo dos seus produtos e no atendimento aos clientes. 
Mauro de Freitas Infante Vieira é Bacharel em Ciências Econômicas pelo Instituto Metodista Benett no Rio de Janeiro, com especialização MBA – Gestão Empresarial pela FGV e mestrado de Administração na Faculdade Radial – AD Homines, possuindo Consultoria Empresarial pelo Sebrae e CODEMA, Workshop Empretec pelo Sebrae/PE, Auditoria interna de Qualidade pela Rayla ...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 19hs38




Opção de entretenimento para alguns, meio de sobrevivência para outros, o artesanato é bastante valorizado. Tanto que os governos criam entidades específicas para lidar com grupos. Em São Paulo há a Superintendência do Trabalho Artesanal nas Comunidades – Sutaco, da Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho. Somente de Serra Negra, essa entidade conta cerca de cem artesãos cadastrados. Isso mostra o qual importante é essa atividade para o equilíbrio financeiro de muitas famílias.
A beleza dos trabalhos executados também ajudam na divulgação da cidade como estância turística, tanto assim que na Praça Sesquicentenário há um espaço exclusivo para que os artesãos locais possam expor e vender seus trabalhos. Atualmente 23 pessoas têm autorização para expor no espaço. Há uma fila de espera com mais 18 interessados. Na década passada, o Poder Executivo Municipal iniciou a construção de uma estrutura que pudesse dar mais comodidade ...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 19hs37




Leonardo Batista dos Santos: ArtesãoLeonardo Batista dos Santos, nascido e criado na Cidade Jequitinhonha / MG, trabalha com argila desde os sete (07) anos de infância. Aprendeu com a mãe para brincar, hoje produz para vender. Este artesão procura recriar o dia-a-dia do povo que mora no Vale do Jequitinhonha. Como marca registrada do seu trabalho, seus bonecos possuem pés e mãos grandes. Todos os anos desde 1989, a diversidade cultural do povo brasileiro tem um encontro marcado na capital mineira. Artistas de todas as regiões do Brasil e até mesmo de outros países se reúnem na Feira Nacional de Artesanato, realizada pelo sétimo ano consecutivo no Centro de Exposições George Normam Kutova, mais conhecido como Expominas. Ninguém poderia dizer que a pequena feira, iniciada em 1989 com apenas 60 stands, 200 expositores e um público de 15 mil pessoas, se tornaria hoje a maior feira de artesanato da América Latina. Na edição de 2009, a feira contou com cerca de mil stands e...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 19hs34




Haroldo da Silva Freitas: ArtesãoHaroldo da Silva Freitas trabalha com biojóias utilizando recursos renováveis da floresta amazônica. O extrativismo emprega técnicas sustentáveis pelas comunidades da Capital Porto Velho, Rondônia. As sementes que não vingaram são coletadas no chão e seu beneficiamento gera renda para os cidadãos. Todos os anos desde 1989, a diversidade cultural do povo brasileiro tem um encontro marcado na capital mineira. Artistas de todas as regiões do Brasil e até mesmo de outros países se reúnem na Feira Nacional de Artesanato, realizada pelo sétimo ano consecutivo no Centro de Exposições George Normam Kutova, mais conhecido como Expominas. Ninguém poderia dizer que a pequena feira, iniciada em 1989 com apenas 60 stands, 200 expositores e um público de 15 mil pessoas, se tornaria hoje a maior feira de artesanato da América Latina. Na edição de 2009, a feira contou com cerca de mil stands e 171 mil visitantes entre os dias 23 e 28 de novembro....

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 19hs32




Nilsiney Evaristo Teixeira: ArtesãoNilsinei Evaristo Teixeira, natural de Conceição da Barra de Minas, trabalha com artesanato a cinco (05) anos. Desde a infância gostava de artesanato, vivia na zona rural e ali fazia carrinhos, os próprios brinquedos e foi até que aperfeiçoou e começou a comercializar o que aprendeu na infância e fazia para ele mesmo. Como sempre gostou muito de natureza busca suas inspirações nas rosas, flores, peixes, etc. Seu trabalho já é bem conhecido no Brasil, tendo algumas peças vendidas para o exterior. Seus trabalhos mais vendidos são as rosas, copos de leite, girassol, margarida, peixes, oratório, castiçal, painéis, mais de cinqüenta variedades de peças. Todos os anos desde 1989, a diversidade cultural do povo brasileiro tem um encontro marcado na capital mineira. Artistas de todas as regiões do Brasil e até mesmo de outros países se reúnem na Feira Nacional de Artesanato, realizada pelo sétimo ano consecutivo no Centro de Exposiç...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 19hs30




Walter Perpétuo Félix Júnior: Artesão
Profissional experiente em diversos ramos, desde 2005 atua exclusivamente em sua Ophicina das Artes, num trabalho que considera prazeroso e identificado com uma vocação que se traduz em peças exclusivas em luminárias, castiçais,abajur e outros trabalhos diferenciados produzidos com sucatas de ferragem, madeira de demolição.
Todos os anos desde 1989, a diversidade cultural do povo brasileiro tem um encontro marcado na capital mineira. Artistas de todas as regiões do Brasil e até mesmo de outros países se reúnem na Feira Nacional de Artesanato, realizada pelo sétimo ano consecutivo no Centro de Exposições George Normam Kutova, mais conhecido como Expominas.
Ninguém poderia dizer que a pequena feira, iniciada em 1989 com apenas 60 stands, 200 expositores e um público de 15 mil pessoas, se tornaria hoje a maior feira de artesanato da América Latina. Na edição de 2009, a feira contou com cerca de mil stands e 171 mil visi...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 19hs27




José Sebastião Vaz: Artesão
Todos os anos desde 1989, a diversidade cultural do povo brasileiro tem um encontro marcado na capital mineira. Artistas de todas as regiões do Brasil e até mesmo de outros países se reúnem na Feira Nacional de Artesanato, realizada pelo sétimo ano consecutivo no Centro de Exposições George Normam Kutova, mais conhecido como Expominas.
Ninguém poderia dizer que a pequena feira, iniciada em 1989 com apenas 60 stands, 200 expositores e um público de 15 mil pessoas, se tornaria hoje a maior feira de artesanato da América Latina. Na edição de 2009, a feira contou com cerca de mil stands e 171 mil visitantes entre os dias 23 e 28 de novembro.
Na Feira Nacional de Artesanato, podemos ver o quão rica e encantadora é a cultura da nossa gente. Os olhos se perdem em meio a tanta beleza e diversidade. Somos envolvidos por um ambiente onde a todo instante respira-se cultura. A visita a cada stand nos permite conhecer um pouco mais dos regionali...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 19hs24




Meire Ribeiro da Silva / Sabará
Histórica, bela e fascinante. Assim é Sabará, cidade mineira que como poucas se dedica em preservar a sua história e as suas tradições. Passear por suas ruas é como estar em um museu a céu aberto, é como voltar ao passado e reviver um dos períodos mais marcantes da história do Brasil.Sabará é impressionante não só pela arquitetura barroca de suas igrejas, mas também pelo rico conteúdo histórico que envolve a sua produção artística. Apaixonados por sua cidade, os artistas locais se preocupam em resgatar antigas tradições por meio da sua arte. Nesse contexto de resgate de tradições, renasceu em meio aos artesãos da cidade a confecção das Palmas Barroca e Portuguesa.
As palmas são um legado dos colonizadores portugueses que foram trazidas para o Brasil no século XVIII. São arranjos de flores artificiais feitas de papel, tecido ou cobre, que podem ser banhados a ouro ou a prata. Desde o século XVIII são utilizadas na o...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 19hs19





Gélia Nunes dos Santos: ArtesãGélia é uma artista plástica natural da cidade de Guaíra no Paraná, mas que em 1975 foi morar na cidade de Ji-Paraná no estado de Rondônia. Formada em pedagogia e especialista em gestão escolar e psicopedagogia, essa artista plástica a princípio desenvolvia atividades artesanais com a tinta óleo. Em Ji-Paraná, através de uma reunião do SEBRAE, Gélia foi incentivada a desenvolver produtos artesanais que utilizassem materiais reutilizáveis da natureza tais como, o algodão cru, a juta, a casca de coco, o ouriço da castanha do Pará e a palha de buriti. Após participar desse evento, Gélia Nunes dos Santos criou as bolsas Piatã (nome indígena que significa forte), que são confeccionadas com matéria-prima recolhida na própria região de Ji-Paraná. A presença marcante dos elementos da natureza nas biobolsas Piatã é uma fonte de inspiração para essa artista, que é quem cria o design de todas as bolsas e escolhe com muito zelo ...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 19hs16





Andrea Pereira Reis: ArtesãFazer uma releitura da história da escravidão no Brasil através do artesanato em cabaça. Esta é a proposta da artesã Andrea Pereira Reis da cidade de Gouveia em Minas Gerais. Andrea desenvolve este trabalho a três anos, adaptando a temática da escravidão, fato tão marcante na história do nosso país, à confecção das bonecas negras feitas em cabaça. Nesta atividade tão rica e minuciosa, Andrea representa com fidelidade o cotidiano das escravas negras em suas atividades, bem como as vestimentas e acessórios por essas utilizados no período da escravidão. Além de agregar valor à cultura brasileira, as bonecas de cabaça dessa artista visam valorizar as riquezas da terra de Gouveia. A artesã prioriza o uso de sementes, pedras, folhas e flores do serrado encontrados em sua própria cidade, como adereços e enfeites que fazem das bonecas de cabaça verdadeiras obras de arte.
Todos os anos desde 1989, a diversidade cultural do povo brasi...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 19hs13





Joceli Carmem Boff é uma artesã que vê na natureza a fonte de inspiração para as suas criações. Sempre se interessou muito por artesanato e em 2003 conheceu as biojóias, que são acessórios de beleza feitos a partir de sementes brasileiras, madeira de reflorestamento e até mesmo de restos de móveis. Atualmente Joceli é bastante conhecida na região onde mora, na cidade de Ji-Paraná no estado de Rondônia, pelo trabalho ecologicamente correto que desenvolve na confecção das suas biojóias. Toda a matéria-prima utilizada pela artesã é retirada da natureza de maneira sustentável, sendo recolhidas apenas as sementes e restos de madeira que pelo processo natural caem das copas das árvores e se encontram no chão. É importante também ressaltar que as belas cores encontradas nas biojóias de Joceli são naturais, não havendo o uso de elementos químicos prejudiciais à natureza para a obtenção das cores desejadas. A biodiversidade do nosso país é a matéria-prim...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 19hs06





Salãodo Artesanato BH 2009O 1º Salão do Artesanato é um evento a ser realizado na cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais, entre os dias 09 e 11 de outubro de 2009. Promovido pelo Instituto Centro CAPE, com apoio da APEX-Brasil, o evento reunirá artesãos de diversos estados brasileiro em 182 estandes, no espaço da Serraria Souza Pinto. Dirigido a lojistas, o Salão do Artesanato propiciará o encontro entre artesãos expositores e comerciantes nacionais e internacionais, criando um ambiente perfeito para a negociação direta entre produtores e compradores. Deste modo, o Evento reunirá diversos trabalhos originais empregados na decoração de interiores e exteriores, bandejas decorativas, escultura em vidro e ferro, artesanato para cozinha, mobiliários, roupa artesanal, jóias artesanais, adereços femininos, emprego de técnicas que utilizam as fibras da bananeira, papel reciclado e pigmentos naturais como matéria-prima e muito mais.
Assim, o 1º Salão do Artesanato r...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 19hs01



17/09/2011 - 6º Salão do Turismo



6º Salão do Turismo
O Salão do Turismo é uma estratégia de mobilização, promoção e comercialização dos roteiros turísticos desenvolvidos a partir das diretrizes do Programa de Regionalização do Turismo - Roteiros do Brasil. Promovido pelo Governo Federal por meio do Ministério do Turismo, o evento conta com diversos módulos de atividades, entre eles a Vitrine Brasil.

Feira de Roteiros Turísticos
Um espaço ideal para o visitante vivenciar a imensa diversidade do turismo brasileiro, a Feira de Roteiros é considerada o coração do evento. Organizada por macrorregiões, a feira traz, em um ambiente único, o que há de melhor, mais atrativo e belo das 27 Unidades da Federação.

O principal objetivo da Feira de Roteiros é apresentar, promover e incentivar a comercialização dos roteiros turísticos do Brasil contribuindo para ampliar e diversificar a oferta turística no país.

Nesse espaço, o visitante poderá conhecer a pluralidade cu...

saiba mais

Postado por: teste às 09hs30



Histórico





 
Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro
  , / . Bairro - - - faleconosco@brartesanato.com