Br Artesanato
Cadastre-se
Entrar
 
HOME
 
 

Lojas


Quem somos

Ações do Bem

Notícias

Canal BRartesanato

Política de Uso

No BRartesanato artesão não paga

Notícias

 





Mais de 6 mil artesãos potiguares estarão representados por meio de associações ou cooperativas nas quais estão credenciados na grande Feira do Artesanato Potiguar promovida pela Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social - Sethas dentro da programação do festival Agosto da Alegria, que ocorre durante todo este mês na capital potiguar. A feira será realizada de 31 de agosto a 4 de setembro na praça André de Albuquerque, no centro da cidade, e estará aberta ao público das 15h às 23h. Nomes marcantes do artesanato potiguar, como Luzia Dantas e as rendeiras de Alcaçuz, participam da exposição.
A Feira, denominada "Um estado pelas mãos do seu povo", terá formato de cidadela. Artistas plásticos já estão elaborando a cidade cenográfica. Um espaço dividido em 90 estandes abrigará o melhor do artesanato tradicional do Rio Grande do Norte.
Os mestres artesãos ganharam um lugar chamado "Salão dos mestres" e ali serão ho...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 16hs29




Atibaia é considerada hoje a maior produtora de tapetes arraiolos do Brasil. A cidade paulista reúne 1602 bordadeiras associadas à Arpa (Artesãos do Portão Associados), entidade fundada em 1984 e que exporta para vários lugares do mundo. Os negócios iam muito bem até que similares importados, a custos irrisórios, invadiram o comércio varejista nacional, comprometendo a sobrevivência não só de artesãos, mas da própria indústria.
Por Christiane Marcondes
Material de primeira e rigor técnico na produção de arraiolos
Ao mesmo tempo que um notável atrativo turístico, o talento para o artesanato do “povo brasileiro” sempre foi uma “pedra no sapato” da concorrência, qualquer fosse e em todas as épocas. 
A tecelagem artesanal brasileira, para dar um exemplo, concorre com a indústria têxtil mundial desde os tempos do Brasil colônia. A ponto da rainha D. Maria I, a “louca”, mandar queimar todos os teares em solo...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 16hs22




Feira da Beira volta às margens para a Baía do Guajará
A Fundação Curro Velho retoma o projeto da Feira da Beira, que teve sua última edição há quatro anos. Segundo a superintendente da Fundação Curro Velho, Dina Oliveira, a Feira traz para a comunidade música, festa, teatro. “É bom lembrar que o Curro Velho tem mais de 20 anos e quando ele nasceu essa janela aqui para a Baía do Guajará era a única oportunidade da sociedade de ter acesso a um programa cultural. A Feira da Beira vai proporcionar uma noite especial com música, poesia, vendas de produtos artesanais e o mais importante, toda a comunidade reunida num ambiente bem familiar”.
A mostra lítero musical “O poema: som e sentido” reúne no palco do anfiteatro do Curro Velho, o poeta e ensaísta carioca Antonio Cícero e o compositor paraense Arthur Nogueira. Parceiros em canções que agora sobem ao palco pela primeira vez, Antonio Cícero e Arthur Nogueira vão apresentar sucessos co...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 16hs21




Artesãos do Centro de Apoio à Economia Popular Solidária (Caeps) vão participar da 2ª Festa do Pão de Queijo de Passos, que ocorrerá neste final de semana (de 26 a 28), na Praça Geraldo da Silva Maia (Rosário), em Passos. Serão expostas mais de 500 peças produzidas com diversos materiais e técnicas. A mostra terá, entre outros produtos, tapetes, flores, vasos, porta-jóias, panos de prato, trabalhos em madeira e bambu, chinelos, telhas e uma variedade de enfeites. O Caeps é um projeto da Secretaria Municipal de Assistência Social de Passos (Semas), que congrega vários artesãos passenses. Conforme a diretora do Departamento de Assistência Social da Semas, Simone Lopes, “a participação do Centro de Economia Solidária na Festa do Pão de Queijo é mais uma oportunidade de divulgação do Caeps”. Ela observa que um dos objetivos do Caeps é manter um espaço de formação permanente para as diversas associações do município, “promovendo reuni...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 16hs20




A CRIAÇÃO DO “LUXO” ECO-SOCIAL NA PRODUÇÃO ARTESANAL BRASILEIRA
 
Virginia Borges 1
Lucimar Santiago de Abreu 2
GT03 - Povos e Populações tradicionais: identidades culturais e étnicas e percepção das políticas públicas.
 
Resumo - Esta pesquisa tem como objetivo principal, a interpretação do significado sociocultural de práticas artesanais vinculadas à produção de vestimentas e ornamentos, desenvolvida em oficinas e ateliês de produção de moda artesanal.  Primeiramente, buscou se definir e caracterizar esse objeto de estudo e suas múltiplas dimensões. Em seguida, descreveu se o contexto da pesquisa e institucional, onde se insere as práticas artesanais, o debate científico vinculado à problemática da pesquisa, a metodologia, a interpretação dos resultados e discussão. Por último, apresenta se as conclusões da pesquisa. Trata se de estudo desenvolvido no âmbito das oficinas de capacitação e treinamento ...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 16hs13




O Instituto Federal do Maranhão, por meio da Pró-Reitoria de Extensão e Relações Institucionais, informa que estarão abertas, no período de 29 de agosto a 09 de setembro de 2011, as inscrições para o Curso Básico de Qualificação em Artesanato, na modalidade do Programa Mulheres Mil/Campus São João dos Patos.
Segundo a gestora do programa no Maranhão, Tereza Fabbro, esta é primeira turma do projeto que irá atuar fora do eixo São Luis e estará em atividade como um projeto piloto do IFMA, atuando com recursos próprios do campus.
Ao todo, serão oferecidas trinta vagas, com inscrições gratuitas. O processo seletivo será realizado em duas etapas, sendo a primeira a avaliação dos documentos e do questionário sócio-econômico e a segunda uma entrevista, ambas de caráter classificatório.
Após a divulgação dos resultados da primeira etapa, dia 16 de setembro de 2011, será realizada a entrevista, nos dias 19 a 21 do mesmo mês.
Por Val...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 16hs00



31/08/2011 - “Artesanaterapia”


Psicóloga por formação e artesã por opção, Bernadete Tinoco Abussamra se diz realizada com escolha; para ela, trabalhos manuais ajudam a relaxar e melhoram astral.
Ser artista é exercer uma atividade que supõe a criação de sensações ou de estados de espírito, de caráter estético, carregados de vivência pessoal e profunda, podendo suscitar em outrem o desejo de prolongamento ou renovação. Bernadete Tinoco Abussamra, 54, é uma artesã que nos faz concordar com tal explicação.
Esta psicóloga carioca fez do hobby uma profissão e hoje encanta os olhares de quem admira sua arte. Bete, como é carinhosamente conhecida, começou com trabalhos manuais meio que por brincadeira, aproveitando sobras de tinta para pintar vasosem casa.
O amor pelo artesanato começou neste instante e há aproximadamente sete anos é o que ela escolheu para fazer. No início eram presentes para osamigose familiares. Então, todos à sua volta começaram a fazer encomendas.<...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 15hs56



Histórico





 
Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro
  , / . Bairro - - - faleconosco@brartesanato.com