Br Artesanato
Cadastre-se
Entrar
 
HOME
 
 

Lojas


Quem somos

Ações do Bem

Notícias

Canal BRartesanato

Política de Uso

No BRartesanato artesão não paga

Notícias

 





Produtos inspirados no mangue do Rio Cocó estão sendo produzidos em oficinas com multiplicadores. Porta-lápis, pastas para notebook e eventos, caixinhas organizadoras, blocos e chaveiros são alguns dos produtos que estão ganhando novas versões, desenvolvidas pelo escritório de design e arquitetura Eita ltda., em parceria executiva do Instituto para o Desenvolvimento Sustentável (INDS). A arquiteta e designer Waleska Vianna realiza oficina com multiplicadores de três instituições e mais algumas comunidades carentes atendidas pelo programa de responsabilidade socioambiental da Unimed Fortaleza até o dia 11 de junho. Na sede do Lar São Francisco de Assis, artesãos e instrutores da própria associação, da Associação Maria Mãe de Deus e do Instituto de Prevenção à Desnutrição e à Excepcionalidade (Iprede), além de representantes da comunidade Maravilha, Lagamar e Mucuripe estão aprendendo técnicas para produção de brindes e materiais para escritóri...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 16hs37




Um assunto recorrente, inevitável atualmente, o uso do trabalho artesanal, que convoca centenas de pessoas por este país. Como não basta ter as técnicas de costura, bordado e tricô, é preciso aliar o artesão com o designer. Esta estratégia deu muito certo na coleção do Walter, que se desbancou para Quipapá, interior de Pernambuco, para trabalhar e ensinar mulheres dos campos de cana a bordar e costurar. O resultado abriu brilhantemente o Fashion RTio, na sala 1 do Pier Mauá. Como estilo, pode-se classificar na linha das sahariennes, acrescidas de tirinhas aplicadas pelas moças quipapenses (ou quipapãs? que dúvida). Aplicadas meticulosamente, quase como listrados, perfeitos em desenhos geométricos. Foi muito bonito, desde estes cáquis sahariennes até os looks de crepe marinho, que podiam ter a assinatura de uma maison de alta costura. Para arrematar, queridos e queridas, o elenco de mulatas e negras maravilhosas, do tipo que acaba com qualquer narizinho tor...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 16hs36




Na próxima quarta-feira, dia 09/06, o Sebrae/RS realiza o Seminário de Artesanato do Mar de Dentro. O evento acontece a partir das 8h no Centro de Eventos da Fenadoce, em Pelotas (RS). A programação contempla palestras sobre a Sociobiodiversidade do Mar de Dentro; A importância do design contemporâneo no artesanato; Exposição de artesanato: atraindo o olhar do cliente; Apresentação de resultados do projeto Artesanato do Mar de Dentro. O gerente da Unidade de Desenvolvimento Territorial (UDT) do Sebrae Nacional, Juarez de Paula, será o responsável pela palestra final Estimular a inovação e a diferenciação de produtos a partir de sua identidade territorial, que acontece a partir das 14h. A entrada para o Seminário é gratuita, mas o ingresso da Fenadocecusta R$ 5,00. Os interessados deverão confirmar a presença por meio do telefone 0800 570 0800. O eventoconta com apoio da Fibria. Fonte: Territórios em Rede


Postado por: BRartesanato às 16hs34




Os produtos de artesanato são elementos identitários de uma cultura, assumindo múltiplas formas, expressas em materiais geralmente simples, como simples são as mãos que os produzem. Em barro, madeira, têxteis, ferro, metais preciosos e outros materiais, os produtos transmitem sentimento e evocam habitualmente a arte e tradições populares. Estima-se que atualmente cerca de 20.000 pessoas (Portugal) estejam regularmente ligadas ao artesanato e façam dele uma fonte de recursos para a sobrevivência das respectivas famílias. Com a acreditação dos artesãos e a certificação dos produtos iniciou-se um processo de qualificação que melhorará a estruturação deste sector. A criação de regimes específicos de crédito bancário, como o Micro-Crédito para o Artesanato, é um ato de justiça bancária num setor que se encontra ainda mal tratado pela generalidade do sistema financeiro. A crise econômica em que o país se encontra, com o encerramento de milhares de...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 15hs14




A artesã Miracy Felipe, natural de São Gonçalo do Amarante, foi escolhida, pela segunda vez consecutiva, como uma das 10 melhores do país na tipologia pintura em cerâmica, durante o V Salão do Turismo Roteiros do Brasil e Vitrine Brasil, que ocorreu no Parque Anhembi, em São Paulo, entre os dias 26 e 30 de maio. Ela foi indicada pelo Ministério do Turismo e Comércio e esteve presente no estande Saber Fazer, ministrando oficina sobre Pintura em cerâmica azul. Além da premiação, Miracy fechou parceria com um empresário de São Paulo para fornecer suas peças mensalmente para o mercado local e também foi à única artesã a ter produtos vendidos para outros cinco países – Argentina, França, Alemanha, México e China.De acordo com o coordenador do Programa de Artesanato Potiguar (ProArt), Marcos Henrique, o desempenho do RN foi tão grande que das 10 mil peças que foram enviadas, só voltaram 630. “Isso mostra a valorização do produto do Rio Grande do No...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 15hs13




Edital Elisabete Anderle de Estímulo àCultura. A cidade de Três Barras no Planalto Norte de Santa Catarina recebeu a oitava oficina do Projeto “Pêssanka – Artesanato Ucraniano, Brasileiro, Catarinense”. Recentemente, foi inaugurado o novo templo, que se destaca com suas cúpulas bizantinas, estilo marcante das igrejas ucranianas. Porém o início da comunidade em Três Barras se deu na década de 60, e desde então essa foi a primeira vez que foi realizada uma oficina de pêssanka. Em cada oficina sempre encontramos conhecimentos intrínsecos da cultura ucraniana, e em Três Barras, destacamos o relato da Sra. Josefa Olinek (69): “quando éramos jovens fazíamos as halunkas¹ para a Páscoa, desenhávamos ovos com florzinhas, raminhos usando cera de abelha e depois cozinhávamos com a tchornobreutch², com erva-mate ou cebola, para dar cor”. Isso demonstra a bagagem cultural que os imigrantes trouxeram continuou se manifestando no Brasil, buscando adaptação...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 15hs07




Idealizado pelo Programa de Artesanato Paraibano da Secretaria de Estado do Turismo e Desenvolvimento Econômico (SETDE), será aberto no próximo dia 4 de junho o 12º Salão de Artesanato Paraibano, montado em gigantesca tenda na Avenida Otacílio Nepomuceno, no Bairro do Catolé, em Campina Grande. O evento segue até o dia 27 daquele mês, no horário das 15 às 22h, diariamente. O evento acontece no mês de junho naquela cidade com o objetivo de aproveitar o grande fluxo turístico do ‘Maior São João do Mundo’, ocasionando uma maior divulgação e comercialização dos produtos feitos pelos artesãos paraibanos, beneficiados pelo programa governamental. Parceiros – Para sua realização, o Governo do Estado conta com a parceria fundamental do Sebrae-PB e da Eletrobrás, bem como os apoios da PBTur, PBGás, A União, Programa de Políticas Públicas para as Mulheres, Prefeitura Municipal de Campina Grande, FIEP, Rede Paraíba Design, CoopNatural, Cooperativa...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 15hs04




Somente nos dois primeiros dias de feira foram vendidos R$ 199 mil em peças de todos os estados brasileiros. O artesanato brasileiro estreou com destaque no Salão do Turismo, uma das principais vitrines da cultura brasileira. Somente nos dois primeiros dias da feira, que começou nesta quarta-feira (26), os estandes dos 27 estados e do Distrito Federal faturaram R$ 199 mil. O espaço Vitrine Brasil expõe o que há de mais representativo do artesanato nacional. Peças confeccionadas com palha, madeira, tecido, cerâmica enfeitam os estandes. Tem produtos dos mais variados: de roupas, acessórios, peças de decoração e utensílios a instrumentos musicais, entre muitos outros. Fonte: Ministério do Turismo


Postado por: BRartesanato às 15hs02




Foi ensinada a produção de massa caseira para a técnica “brequeata”, para fazer telas, vasos e outras peças de arte. É feita à base de massa corrida, cola branca e água, para baratear a matéria-prima. Uma iniciativa inusitada de três oficineiras que trabalham na maioria das edições do Paraná em Ação rendeu mais uma atividade de incremento e geração de renda. A artesã Everci Dalla Vecchia - a ‘Ciça’, que ensina a confeccionar as biojóias – bijuterias feitas com sementes de árvores, trouxe uma turma com 10 artesãos pertencentes à Guara Artesanal Associação de Artesãos para Matinhos, onde ela reside, para participar de uma oficina que utiliza a técnica “brequeata”, para fazer telas, vasos e outras peças de arte. Ciça trabalha ao lado das instrutoras Djeuci Silva e Geny Mara Calazans em várias edições do Paraná em Ação e teve a idéia de trazer os membros da associação a que pertence para aprender uma nova técnica com suas cole...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 15hs01



Histórico





 
Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro
  , / . Bairro - - - faleconosco@brartesanato.com