Br Artesanato
Cadastre-se
Entrar
 
HOME
 
 

Lojas


Quem somos

Ações do Bem

Notícias

Canal BRartesanato

Política de Uso

No BRartesanato artesão não paga

Notícias

 





Ascom Sedec Comercializar e divulgar a produção de Alagoas são dois importantes resultados da participação em feiras e eventos. Neste final de ano, artesãos e produtores de cachaça de alambique participam de feiras fora do Estado de Alagoas com o apoio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Energia e Logística (Sedec). Nos dias 25 a 27 de novembro, produtores alagoanos de cachaça de alambique irão mostrar toda a qualidade e sabor diferenciado do produto feito localmente. Os alagoanos estarão no 4º Salão Internacional da Cachaça de Alambique, realizado no Centro de Convenções, em Pernambuco. Das Alagoas, Brejo dos Bois, Engenho Nunes, Gameleira, Gogó da Ema e J.G., são as empresas produtoras de cachaça de alambique de Alagoas que estarão no evento. Francisco Beltrão, produtor de cachaça Das Alagoas, será um participantes do evento em Pernambuco, que confirma o apoio disponibilizado pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Sebrae e...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 15hs15




O De­par­ta­men­to de Em­preen­de­do­ris­mo da Se­cre­ta­ria Mu­ni­ci­pal de Tra­ba­lho e As­sis­tên­cia So­cial (Sem­tas – Natal) já co­me­çou os pre­pa­ra­ti­vos para a Feira da Ár­vo­re, que terá iní­cio no dia 07 de de­zem­bro, dia em que as luzes da maior ár­vo­re de Natal da ci­da­de serão ace­sas para as co­me­mo­ra­ções na­ta­li­nas. Na tarde da úl­ti­ma segunda-feira (22), os ar­te­sãos ca­das­tra­dos na Sem­tas par­ti­ci­pa­ram de reu­nião no Cen­tro de Ar­te­sa­na­to de Natal para de­fi­nir os de­ta­lhes do even­to deste ano. Na reu­nião, es­ti­ve­ram pre­sen­tes o Se­cre­tá­rio Ad­jun­to de Tra­ba­lho da Sem­tas, Pedro Costa; o Di­re­tor do De­par­ta­men­to de Em­preen­de­do­ris­mo, Fre­de­ri­co Leite e o Coor­de­na­dor do Ar­te­sa­nat, Neto Leal.Os ar­te­sãos foram in­for­ma­dos das prin­ci­pais no­vi­da­des para a nova edi­ção do ...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 15hs15




Para tal, será realizado nesta quinta-feira (25), no auditório da Central de Artesanato, um seminário.A Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Semdec), realiza nesta quinta-feira (25) seminário para incentivar a formalização de micro e pequenos empresários. O evento será no auditório da Central de Artesanato Mestre Dezinho, a partir das 8h, com inscrições gratuitas.“A iniciativa quer estimular, e levantar, essa questão do empreendedorismo utilizando o Banco Popular, e as linhas de créditos ofertadas, como instrumento para isso”, informa o secretário da Semdec, Alexandre Magalhães.O banco é especializado em concessão de micro crédito focado para suprir demandas de capital de giro. A taxa de juros gira em torno de 1,5% e a instituição oferta carência de seis meses para pagar. Os clientes podem solicitar crédito variando de R$ 400 à R$ 2 mil.“Nossa inadimplência é inferior a 1% e o banco emprestou, a...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 15hs14




Agência Minas As artesãs de Itaguara e municípios vizinhos da região Centro-Oeste terão oportunidade de mostrar seu trabalho e comercializar seus produtos em larga escala, com a participação na 21ª Feira Nacional de Artesanato, que abre para o público nesta quarta-feira (24) e vai até domingo (28), no Expominas, em Belo Horizonte. Organizadas pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), as artesãs farão exposição e venda de produtos feitos em teares manuais no estande 401 da Feira. A extensionista da Emater-MG em Itaguara, Vera Lúcia Gangá, vai acompanhar as produtoras no evento. Ela destaca que, além de ser uma fonte de renda para essas mulheres, o artesanato tem estimulado a permanência de muitas famílias na zona rural da região. O trabalho, realizado de forma comunitária, é concentrado no Centro de Artesanato Nica Vilela, em Itaguara, onde mais de cem mulheres dos municípios de Cláudio, Pirace...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 15hs12




Rio de Janeiro Cerca de 7 mil trabalhos de todas as regiões do Rio de Janeiro passarão pelo estande que Governo do Estado terá na 50ª Feira da Providência para divulgar o artesanato fluminense. Entre as peças que estarão à venda no espaço no evento, que começa amanhã, no Riocentro, às 11h -, haverá bordados do Noroeste, cerâmicas do Norte, artigos com fibra de bananeira do Médio Paraíba e cestas de bambu da Costa Verde.O estande destinado ao artesanato fluminense é de responsabilidade do Riosolidario - Obra Social do Rio de Janeiro, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços. A área ficará no Pavilhão 2.O governo estadual apoia o trabalho dos artesãos por meio Programa de Artesanato do Estado do Rio de Janeiro, coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços. Uma das ações do programa é o cadastramento de artesãos junto ao Programa de Artesanato Brasileir...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 15hs11




Em 2011, Sebrae e Artesanías de Colombia começam a colocar em prática convênio firmado este ano com o objetivo de aprimorar e impulsionar o artesanato de ambos os países Regina XeylaBrasília - O Sebrae está elaborando um plano de trabalho para que, a partir de 2011, seja colocado em prática o convênio de cooperação internacional entre a instituição e a Artesanías de Colombia firmado em setembro deste ano. Por meio da parceria, será possível a promoção de missões técnicas, troca de conhecimento entre designers e gestores dos dois países, assim como participação conjunta em feiras internacionais.O convênio tem o objetivo de promover, em ambos os países, a comercialização e capacitação relacionadas aos produtos artesanais e ao melhoramento da qualidade de vida dos artesãos e suas famílias.O coordenador nacional da carteira de Artesanato do Sebrae, Maurício Tedeschi, afirma que “as duas instituições irão juntar forças para trocar metodolog...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 15hs09




Quarenta artesãs da agricultura familiar do município de Muaná, no Pará, se uniram para impulsionar o trabalho desenvolvido com o artesanato. Juntas, elas criaram o grupo produtivo Tururi de Muaná e são um dos 15 grupos que integram o Programa Talentos do Brasil. Suas peças feitas com a fibra de uma palmácea típica da região – buçu ou tururi (como é mais conhecida) - trazem a experiência das artesãs e artesãos que transformam a matéria-prima em produtos que, além de agregar  valor histórico e cultural da região, promovem o desenvolvimento sustentável no meio rural. No entrelaço da fibra são produzidas bolsas, bijuterias, chapéus, roupas, sacolas e presépios. A chance de inovar e agregar valor as peças surgiu quando o grupo passou a integrar o Talentos do Brasil, ainda no início do Programa, em 2005. A partir daí, as artesãs paraenses começaram a participar de feiras da agricultura familiar pelo País, eventos de moda  e a ter opor...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 15hs08



Histórico





 
Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro
  , / . Bairro - - - faleconosco@brartesanato.com