Br Artesanato
Cadastre-se
Entrar
 
HOME
 
 

Lojas


Quem somos

Ações do Bem

Notícias

Canal BRartesanato

Política de Uso

No BRartesanato artesão não paga

Notícias

 





Escrito por Vtrine A Administração Municipal por meio da Secretaria de Turismo e Eventos promoverá nos dias 22, 23 e 24 de outubro, no Pavilhão de Eventos do Parque Brasil 500, o 1º Pólo de Artes de Paulínia que vai reunir aproximadamente 140 expositores de artes plásticas, artesanato em pedras, crochê e bijuterias, patchwork, bordados, tear, telas, quadros e muito mais. O Pólo contará com expositores das cidades de Campinas, Americana, Sorocaba, Sumaré, Suzano, Nova Odessa, Santa Bárbara D’Oeste, Limeira, Valinhos e Paulínia. A proposta do evento é alavancar a economia informal que vêm crescendo e o artesanato que cada vez mais vem aumentando seus adeptos. “A atividade artesanal merece o nosso respeito. É a melhor forma de tradução da nossa cultura e demonstra toda a criatividade do povo brasileiro”, explica o secretário de Turismo e Eventos, André Luis de Matos, e, completa “Assim, acreditamos que com este projeto, estaremos beneficiand...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 18hs59




Ministério do Turismo lança site que reúne atrações selecionadas no guia “Caminhos do Fazer”. Rio de Janeiro – Parte do encantamento de fazer turismo está nas lembranças. Para garantir que os turistas levem para casa um souvenir que conte histórias e o faça reviver a originalidade e a diversidade do lugar visitado, o Ministério do Turismo lançou as versões impressa e online da publicação “Caminhos do Fazer – Guia de Produtos Associados ao Turismo” (www.fazeresdobrasil.com.br). A cartilha foi apresentada no início da tarde desta quinta-feira (21), durante a Feira das Américas – Abav 2010, no Rio de Janeiro (RJ). O objetivo é auxiliar as operadoras de turismo, na formatação de roteiros, e turistas, na identificação de interesses e atrativos de suas viagens, oferecendo informações sobre os principais produtos de artesanato, moda, culinária típica, manifestações culturais e agroindústria de 16 municípios brasileiros. As inicia...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 18hs55




Uma exposição de boneca de pano vai ser aberta hoje, às 15 horas, no Museu Casa do Artista Popular, em João Pessoa. As peças são parte importante da produção de artesanato regional, gerando renda para várias pessoas no Estado.O lançamento da exposição terá a participação de crianças dos colégios Marista Pio X e Sempre Viva. A iniciativa é do Programa de Artesanato Paraibano da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico do Governo do Estado, do Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular e do Ministério da Cultura, com apoio do Sebrae, Iphan e BNDES, que tem por objetivo estimular cada vez mais a criatividade do artesão e o crescimento do fazer artesanal. Considerada um dos brinquedos mais antigos e hoje um dos mais populares em todo o mundo, as bonecas de pano estão presentes em todas as civilizações.As bonecas de pano são consideradas brinquedos folclóricos e atendem de forma mais completa as necessidades de uma criança, estimulando o...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 18hs55




As famosas xô-bois, calçados feitos com couro de ovelha, além de bolsas, chaveiros, colares e outros utensílios elaborados com a mesma matéria-prima, estarão à venda no Parque da Pecuária, nesta segunda-feira (25). Os materiais são produzidos por pequenos empreendedores do município de Batalha, no Sertão, que fazem parte da Associação Sertaneja.Além da venda de peças de artesanato, haverá também a comercialização de sabonetes feitos com leite de cabra por uma associação de mulheres empreendedoras do município de Maravilha, conhecida como Natucapri. Elas estarão em Maceió porque a segunda-feira foi definida como o dia dedicado à ovinocaprinocultura, numa agenda de atividades paralelas, dentro da 60ª Expoagro. As atividades foram organizadas pela Secretaria de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário (Seagri), em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Alagoas (Sebrae/AL) e com o Programa de Arranjos Pr...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 18hs01




Resultado das peças é impressionante A pele do peixe tilápia, que antes era descartada após o aproveitamento do filé, agora tem outro destino: vira peças de artesanato, como bolsas, chaveiros, sandálias, cintos e bijuterias. Diego Barros O curso de curtimento vegetal de couro de peixe teve início na sexta-feira (22), prosseguiu no sábado (23) e retomará as aulas na quinta-feira (28), com finalização na sexta-feira (29). Segundo a zootecnista Suzana Luz, instrutora do curso, a técnica se chama curtimento vegetal porque não utiliza metais pesados para transformar a pele do peixe em couro. “A coloração das peles é natural. Utilizamos vegetais típicos da caatinga, como casca de angico e de jurema. A técnica é relativamente simples e é viável para as associações”, explicou Suzana Luz. Segundo a analista técnica Pollyana Soares, um grupo de mulheres no município de Piranhas já utiliza a pele de tilápia para a produção de artesanato. ...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 17hs58




Renda gera renda é o tema do evento cuja programação começa hoje e vai até sexta-feira Foto: Fábio LimaA proposta da iniciativa é viabilizar a troca de informações e experiências entre profissionais de modaFeita com bilros de madeira, com agulha ou com trama tecida em grade, a renda garante o sustento de muitas comunidades no Estado. É esse tipo de artesanato que dá tema ao 26º Ceará Summer Fashion: Renda gera renda. No evento que começa hoje e vai até sexta-feira, no Maraponga Mart Moda, o trabalho artesanal do polo de Trairi (a 123 quilômetros de Fortaleza) e de Jaguaribe (a 293 quilômetros) será vendido e divulgado num espaço de destaque, o Lounge Lino Villaventura."Estamos tentando trabalhar o artesanato e a moda. Nesse evento, a gente os orientou a trazerem peças como aplicações para que estilistas e confecções possam customizar peças", diz a consultora de artesanato, Ethel Whitehurst.Durante os cinco dias do Ceará Summer Fashion haverá...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 17hs53




Quando se fala em ciência e tecnologia a primeira ideia que surge é a de equipamentos eletrônicos avançados, como celulares, máquinas fotográficas ou televisões. Antes de tudo, a ciência e a tecnologia têm por princípio o conhecimento. É nessa perspectiva que a reciclagem consegue conquistar seu espaço, demonstrando que as transformações podem começar por meio de uma simples folha de papel jornal, dado o conhecimento relacionado a criação de peças artesanais. É assim o exemplo exposto pela Oficina de Papel, uma das atividades socioambientais mantida pela Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb).Durante a realização da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que acontece até o dia 26 deste mês em todo o país, com o tema ‘Ciência para o desenvolvimento sustentável´, diversas instituições e órgãos públicos de Sergipe estão difundindo a importância da ciência e tecnologia em todo o estado para crianças e adolescentes. Um dos locais...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 17hs46




Uma área de meio milhão de hectares no coração da Amazônia está gerando renda e cidadania para quase três mil pessoas que vivem na Floresta Nacional do Tapajós (Flona), no estado do Pará, no Norte do Brasil. Com uma grande diversidade de espécies da fauna e flora brasileira, a flona habitada por populações ribeirinhas é rica em espécies madeireiras de alto valor comercial. Mas até pouco tempo, a madeira não podia ser explorada legalmente, deixando os moradores da floresta sem renda para as necessidades do dia a dia.O pouco que ganhavam vinha da venda da farinha, do artesanato e dos pescados.Divulgação/Fapeam Com a legalização do manejo florestal comunitário pelo governo federal em 2005, a vida das comunidades começou a mudar. A Floresta Nacional do Tapajós foi uma das primeiras a ter seu plano de manejo aprovado. As comunidades terão 31.560 hectares (5% da área) para explorar em pequenas parcelas anuais de cerca de mil hectares cada. A parcela de ...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 17hs33




O Governo do Piauí, através da Secretaria de Turismo, entrega na terça-feira (26), ás 10h a reforma e adequação da Central de Artesanato Mestre Dezinho ao turismo que custou aos cofres públicos R$ 360.931,90.O projeto com apoio do Ministério do Turismo teve como objetivo a revitalização da Central para aumentar as vendas e aperfeiçoar o atendimento aos clientes e turistas.Com a revitalização da Central de Artesanato para o turismo houve uma série de mudanças no prédio e na comercialização.De acordo com o Secretário Sílvio Leite, foi inicialmente feita uma pesquisa de mercado através do Sebrae, além de reformas no prédio e a divulgação dos produtos. “Com a pesquisa de mercado, realizamos cursos de vitrinismo, atendimento ao cliente voltado para o turistas. Foi feita a pintura do prédio e do auditório, aslfato no estacionamento, restauramos a calçada, o piso do palco e cuidamos também da divulgação da Central com a criação de um site, sacola...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 17hs32




Índios Pataxós deixam inocência de lado para abrir lojas que vendem produtos em feiras internacionais Assis Cavalcante/Agência BOM DIA Aricuri Pataxó, 28 anos, Rodrigo Alcântara / Agência BOM DIA Foi-se o tempo em que os índios conseguiam sobreviver apenas com a caça, pesca ou com o que plantavam. Hoje, assim como os “caras-pálidas” eles precisam pagar conta e trabalhar para tirar o sustento da família e da tribo. Para se sustentar, eles apostam no sistema capitalista e em uma das artes que melhor fazem: o artesanato. Prova disso é o estande montado por representantes da tribo dos Pataxós – localizada ao sul de Porto Seguro (BA) – na segunda edição da Feira Internacional de Artesanato. O evento, que está sendo realizado no Recreativo Campestre, em Sorocaba, vai até domingo (24). Aricuri Pataxó, 28 anos, não é o cacique da aldeia, mas é considerado o gerente da loja que vende os produtos artesanais. A loja também pode ser cla...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 20hs11




O Museu Casa do Artista Popular iniciou nesta quinta-feira (21) uma exposição de bonecas de pano. O objetivo é preservar a cultura popular e gerar renda para artesãos paraibanos. Com o tema “A boneca de pano no mundo do faz de conta”, o evento irá expor 200 peças até 7 de novembro. Escolas públicas e privadas poderão agendar visitas e enviar alunos para conhecer as bonecas. Para isso, basta ligar para o número: 3221-2267. Quem preferir, também pode comparecer à Casa do Artista, na Praça da Independência. O local funciona da terça-feira ao domingo, nos horários das 10h às 17h. A entrada é franca. De acordo com a gestora do Programa de Artesanato Paraibano, Marielza Araújo, as bonecas em exposição foram confeccionadas por oito artesãs. Uma delas mora em João Pessoa e as demais são do interior do Estado. Ela lembra que a confecção de bonecas de pano é uma arte que ultrapassa gerações e precisa ser preservada. “Nossa intenção é at...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 20hs08




Fruto deste projeto, o guia é o resultado de um esforço conjunto em torno da valorização da diversidade brasileira.  O artesanato brasileiro e mato-grossense são destaques em qualquer lugar onde são expostos os trabalhos, o fazer do artesão que põem em cada peça um pouco de sua vivência, da cultura e da história dos lugares. Para divulgar esse fazer tão especial de centenas de pessoas, o Ministério do Turismo em parceria com o Sebrae criou mais uma ferramenta de promoção para a produção associada ao turismo de 15 destinos do País e lançou em versão digital o guia do Projeto Caminhos do Fazer (www.fazeresdobrasil.com.br ) .No site, lançado nesta semana durante a Feira das Américas-ABAV 2010 no Rio de Janeiro, são divulgados os artesãos e artistas mostrando a diversidade cultural e a identidade regional por meio de trabalhos como a viola de cocho, símbolo da cultura de Cuiabá; as associações folclóricas como o grupo de siriri Flor Ribeirinha...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 20hs07




Programa Criando Arte leva ao centro de compras artesanato produzido por associações e artistas autônomos de Contagem de 16 a 30 de outubro.Panos de prato bordados a mão, quadros de pinturas contemporâneas, peças confeccionadas com materiais recicláveis e outros objetos artesanais estarão à venda, de 16 a 30 de outubro, no Big Shopping. Serão mais de 100 peças em exposição, produzidas por cerca de 50 associações e moradores de Contagem ao todo. Quem traz a feira de artesanato ao Big Shopping é o Programa Criando Arte, um grupo de apoiadores ao trabalho artesanal. Segundo Elizabeth Luliko Koge, uma das coordenadoras do Criando Arte, com a parceria e apoio do Big Shopping será possível contribuir na geração de renda das famílias dessas associações e artistas que irão participar da exposição. “Garrafas de vidro ou pet, peças confeccionadas em barro, couro, madeira, matérias-primas simples ou até mesmo um banner encontrado no lixo mostram que...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 20hs03




A partir da próxima quarta-feira (20), os visitantes e turistas que estiverem em São João del-Rei, na região do Campo das Vertentes, terão a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a história dos artesãos do Vale do Jequitinhonha. A exposição O Barro que Encanta será realizada no Centro Cultural da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), Solar da Baronesa. O evento é promovido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede), por meio da Superintendência de Artesanato, em parceria com o Centro de Artesanato Mineiro (Ceart), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-MG) e a Usiminas. A exposição está inserida dentro da programação do Congresso Nacional de Técnicas para Artes do Fogo 2010, que pela primeira vez será realizado em Minas Gerais. “Acredito que a escolha do local foi em função da tradição do artesanato mineiro e da inclusão dos cursos Arquitetura, Música e Artes Aplicada...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 22hs08




A Associação de Mulheres Amor-Peixe, de Corumbá (MS), realiza nos dias 19 e 20 de outubro, com o apoio do WWF-Brasil, curso de capacitação para novas associadas sobre as técnicas de produção de artesanato de couro de peixe e associativismo.  O curso é gratuito e tem por objetivo capacitar novas associadas para integrar a associação. As inscrições podem ser feitas até o dia 16 de outubro, na sede da associação. A  Associação Amor-Peixe foi criada em 2003, em Corumbá e hoje conta com 12 integrantes. Com criatividade e muito trabalho, elas aproveitam a pele de  peixe, que antes ia para o lixo em belas belos produtos artesanais, como  bolsas, cintos, carteiras, roupas, agendas, pulseiras, bijuterias. O trabalho de reciclagem gera renda e reforça a identidade dessas mulheres pantaneiras. Além da produção de artesanato, a associação desenvolve atividades socioeducativas com a comunidade. Desde 2003, o WWF-Brasil vem apoiando o ...

saiba mais

Postado por: BRartesanato às 17hs45



Histórico





 
Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro
  , / . Bairro - - - faleconosco@brartesanato.com